Uma impressora 3D na mesa de cada engenheiro e designer

No centro do nome “MakerBot Replicator Desktop” – a impressora 3D mais conhecida da marca – está a palavra “desktop”, que significa mesa de trabalho.

A MakerBot acredita que a mesa de cada engenheiro e de cada designer precisa de uma impressora 3D, sejam estes freelancers ou funcionários em grandes empresas. A maior razão pra essa crença é porque uma impressora 3D faz uma diferença enorme na hora de criar e inovar, ocasionando em melhores resultados. Continue lendo e veja a visão de futuro da MakerBot!

O CEO da MakerBot, Jonathan Jaglom, em sua busca por feedback, conta que ouviu de vários engenheiros que eles tentariam conceber propostas mais arriscadas – modelos mais complexos, mais alternativas – caso tivessem uma impressora 3D em suas próprias mesas, idéias que eles teriam vergonha ou se sentiriam intimidados para enviar à outros setores da empresa.

Mark Palmer, o diretor de design industrial da MakerBot que trabalhou anteriormente na Motorola Solutions em Nova Iorque, diz que sua “prototipagem rápida” envolvia encomendar impressões 3D dos laboratórios de prototipagem da Motorola, sendo que alguns desses laboratórios se localizavam até em estados diferentes. Não é só pelo tempo e pela distância que atrasava o processo, mas como o protótipo seria produzido por terceiros que estariam por fora do contexto do projeto, o mesmo poderia ser considerado um fracasso antes mesmo de passar para a próxima fase.

Alguns protótipos precisam ser mantidos por perto. Pense, por exemplo, em algo que você escreveria num bloco de notas, mas não num quadro, ou algo que você escreveria num quadro mas não postaria na rede da sua empresa.

Custos também afetam na sua prototipagem. Filamentos pra uma impressora 3D Desktop são muito mais baratos que para impressoras industriais – tão mais baratos que, para algumas empresas que possuem uma impressora 3D industrial, somente a economia de material poderia pagar uma Makerbot Replicator nova. O custo relativamente pequeno de materiais de impressão em impressoras 3D Desktop leva a experimentações mais ousadas.

Também há o loop de feedback, que seria muito mais rápido com uma impressora 3D em sua mesa. Um engenheiro relatou para Jonathan que ele poderia olhar para uma impressão que estava apenas na metade e já notar o que precisa ser melhorado. Ele então poderia cancelar, retrabalhar na modelagem 3D, e começar a imprimir na Makerbot Replicator novamente. Mais tentativas, mais refinamento, significa melhores soluções.

“Haverão céticos, assim como houve quando computadores ocupavam uma sala inteira, e então os PCs surgiram. Uma impressora 3D em cada mesa de trabalho não é um sonho tão distante. Pode acontecer agora.”, diz Jonathan.

 

Matéria original: http://www.makerbot.com/blog/2015/07/27/a-3d-printer-on-the-desk-of-every-engineer-and-designer