Como funcionam os robôs de teleconferência?

Umas das novidades tecnológicas dos nossos dias — que parecem até mesmo ter saído de um filme de ficção científica — são os robôs de teleconferência. Imagine que você fique impossibilitado de participar de uma reunião importante na empresa ou tenha que ministrar uma aula e não possa comparecer. No seu lugar, eis que é enviada uma base robótica móvel controlada remotamente.  Esse dispositivo carrega um iPad exibindo na tela a sua imagem e emitindo sua voz. De sua casa, ainda que a quilômetros de distância, você é capaz de ouvir e ver tudo e todos que estejam no local em que você deveria estar. Dessa forma, você será capaz de interagir com os presentes, mesmo não estando fisicamente — não é fantástico?

A Wishbox Technologies, empresa referência na comercialização e suporte de produtos como impressoras 3D, scanners 3D e robôs de teleconferência, vem trabalhando desde 2016 com o robô Double, uma das opções mais acessíveis e funcionais disponível no mercado brasileiro.

Quer saber mais? Então continue acompanhando o nosso post de hoje e entenda melhor essa tecnologia!

Como funciona o Double?

Com o robô Double, é possível realizar conversas de áudio e vídeo remotamente, com a vantagem de que o dispositivo se locomove, sendo dotado de um giroscópio e um acelerômetro que o mantém sempre na vertical. Com um iPad 2 (ou superior) acoplado no topo, o robô vai se movendo em ritmo de passos lentos, levando o usuário para qualquer lugar dentro do perímetro da rede Wi-Fi da empresa.

O conteúdo desenvolvido pela empresa Double de áudio e vídeo recebido e transmitido não fica armazenado na nuvem ou em qualquer forma de mídia, o que garante a segurança da informação. Para controlar remotamente o Double, basta ter acesso a um dispositivo mobile ou até mesmo um computador em que estejam instalados os navegadores Google Chrome ou Mozilla Firefox.

Robotics, o equipamento tem algoritmos de autobalanceamento que o mantém estável na locomoção. Sua altura também pode ser ajustada a qualquer momento durante a teleconferência, expandindo-se de 120 a 150 centímetros.

A bateria do dispositivo tem a capacidade de duração de até 10 horas, o que assegura uma grande autonomia do Double. Para transmitir sua imagem e interagir com as pessoas no local onde o seu robô se encontra, é necessário um dispositivo iPad com câmera frontal ou computador com webcam.

Vale lembrar que o equipamento conta com os recursos de visão noturna e, por meio do driver instalado em um dispositivo compatível ,é possível gerenciar o acesso a vários Doubles. A comunicação entre o Double e o iPad que carrega é feita via Bluetooth e o pareamento entre os dispositivos é simples. Vale ressaltar que o iPad necessário para o funcionamento do robô não está incluso na compra.

Para gerenciar essas opções, você pode escolher a qualidade da transmissão de vídeo de acordo com a necessidade de economia de bateria ou qualidade do sinal na rede Wi-Fi disponível. Um ponto interessante é que, ainda que a bateria do iPad tenha duração menor do que a do Double, o robô tem a função de recarregar o tablet quando está no charging dock (base de recarga).

WISHBOX_corpo robôs de teleconferência

Leque de utilidades

O produto possibilita a transmissão de prints de telas, sites, além da captura e transmissão de áudio e vídeo. Você poderá levar essas informações por toda a parte, movimentando-se livremente através do dispositivo pelo perímetro alcançado pela sua rede. Dessa forma, é possível ampliar radicalmente as possibilidades de interação com o espaço e as pessoas.

Tendo a possibilidade de andar por todos os setores da empresa, supervisionando e interagindo com todos que estão ao redor do robô e mesmo participar de reuniões, de onde quer que você esteja. Com isso você poupa um tempo precioso em viagens e deslocamentos.   

Dessa forma, cada vez mais empresas, hospitais e consultórios e até mesmo museus em todo mundo têm usado essa tecnologia para receber visitantes e profissionais convidados de várias partes do mundo.

Além disso, o uso desse equipamento redimensiona o conceito de home office, pois proporciona o controle de diversas etapas do trabalho de gestores de empresas sem que seja necessário estar presente no escritório.

Uso dos robôs de teleconferência ao redor do mundo

Na área médica, pacientes estão tendo mais acesso ao atendimento graças à tecnologia de teleconferência. O médico neurologista Shatzel, por exemplo, foi um dos primeiros adeptos desse recurso, dando assistência a pacientes em Beckersfild, que fica localizada a quatrocentos quilômetros do hospital onde ele realmente estava, na Califórnia.

Durante anos, antes da redução dos custos dos robôs de teleconferência que possibilitou acesso mais democrático aos dispositivos, seu uso fora exclusivamente militar: eram utilizados, por exemplo, no desarmamento de artefatos explosivos. Astronautas também utilizam-se há bastante tempo dos robôs de acesso remoto.

Nos dias atuais, hospitais, universidades e grandes corporações têm aderido aos robôs, que se apresentam como soluções práticas e acessíveis. No meio acadêmico, especialmente, defesas de teses, dissertações, apresentações de pesquisas em conferências e até mesmo palestras têm sido ministradas remotamente por meio desses dispositivos.

WISHBOX_corpo robôs de teleconferência

No ambiente corporativo, os robôs de teleconferência têm encurtado a distância entre CEOs e suas equipes, proporcionando, além da supervisão remota de projetos, uma experiência mais abrangente de contato com as dificuldades e desafios em cada setor da empresa.

Neste andar da carruagem da tecnologia, essa utilização efetiva dos robôs de teleconferência em diversas áreas empresariais, hospitalares e acadêmicas têm antecipado o futuro. Ou, conforme afirmou Jeanne Dietsch, roboticista da MobileRobots Inc.: “os computadores estão começando a ter rodas e andar pelo ambiente”.

Não se trata da proposta tradicional que se tem em mente sobre robôs, na perspectiva da inteligência artificial. Ao invés disso, os robôs de teleconferência têm por proposta desafiar as limitações da presença física nos locais em que ela é necessária nos momentos em que ela não é possível. Ampliando, dessa maneira, a possibilidade de interação com distâncias até então intransponíveis.

Robôs de teleconferência como o Double têm sido usados, inclusive, no monitoramento de pessoas idosas, auxiliando no gerenciamento de medicação e oferecendo a possibilidade do cuidado constante — e o melhor: sem despesas salariais.

Benefícios da utilização dos robôs

Com preço cada vez mais acessível, esse recurso oferece a possibilidade de acesso e diálogo entre estudiosos e profissionais do mundo inteiro, ampliando as possibilidades de intercâmbio e diálogo entre pesquisadores. Médicos, educadores e cientistas têm usado com sucesso essa invenção.

E você, o que acha dos robôs de teleconferência? Quer saber mais? Então checa essa análise que o pessoal do blog TecMundo fez do robô Double!