Impressão 3D na Arquitetura: Projeto massivo em Port City

Henrik Bejmar, um arquiteto trabalhando para Sweco, maior firma de consultas em arquitetura e engenharia na Europa, está situado na bela cidade de Stockholm, com o intuito de trabalhar em um novo projeto. Ele está ajudando uma equipe de arquitetos a criarem um projeto novo e monumental em Colombo, Sri Lanka. O projeto conta com mais de 280 hectares e para ajudar a materializar suas ideias e trazer o que está em suas cabeças para um plano físico eles precisavam de uma ferramenta de prototipagem rápida em que possam confiar no dia-a-dia para criar modelos com prazos bem definidos. É aí que entra a impressão 3D!

A cidade de Port city situada em Colombo, principal cidade de Sri Lanka, será um distrito moderno comportando cerca de 40.000 residentes e um número igual de oportunidades de emprego quando estiver pronto, segundo a Sweco. O distrito, que será localizado entre  o antigo centro e o novo porto industrial, possui residências, escolas, escritórios, hotéis e espaço comercial. A arquiteta responsável pelo projeto é Anna Hessle e o cliente é a China Harbour Enginnering Company Ltd.

Sweco tem comissionado para realizar o design do planejamento da cidade. Port City oferece uma oportunidade de usar um distrito totalmente novo como palco para soluções sustentáveis de infraestrutura, desenvolvimento urbano e arquitetura em um clima tropical. O design da cidade visa reduzir o consumo de energia e fortificar a criação de um micro-clima de som. A estrutura que começa a tomar forma é baseada na densa presença de pontos de transporte público, o que reduzirá a necessidade da utilização de carros.

Para o projeto a equipe optou por empregar a impressão 3D como forma de visualizar e traduzir suas ideias de uma forma mais física. Deste modo eles podem trabalhar de forma mais livre com cada parte do distrito, já que não precisam o tempo todo ir atrás do projeto no computador ou ficarem revisando desenhos, eles podem visualizar em escala reduzida o projeto e assim assimilar aonde vai cada “peça do quebra-cabeça”. Isto contribui para o trabalho em equipe também já que eles podem compartilhar suas ideias de forma mais fácil e visualizar tudo antes de tomar decisões no projeto.

Henrik-Bejmar-Port-city
Henrik Bejmar vê na impressão 3D a oportunidade de materializar seus projetos.

“Como um arquiteto é mais fácil quando você pode visualizar os designs na sua frente com uma impressão em 3D. Para mim, eu posso ver em mente, mas também é bem fácil apenas tocar o modelo e ver como este fica em todos os ângulos.” –Henrik Bejmar.

E você, o que acha da impressão 3D em arquitetura? Possui algum projeto que gostaria de ver sendo replicado? Nos deixe saber nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados