6 benefícios ocultos da impressão 3D para sua supply chain

Atualizado em: 28 de maio de 2019 às 10:33

Nem todos os produtos podem ser impressos em 3D. Nem deveriam ser. Por quê? Porque a impressão 3D nunca será rival da economia de escala, possibilitada pelas tecnologias de fabricação em massa usadas na produção de commodities.

Dito isto, ano após ano, a impressão 3D está se tornando mais capaz. Ela pode atender às necessidades de mais aplicações de forma mais confiável. Agora, existe a oportunidade de simplificar sua supply chain (cadeia de suprimentos), internalizando a produção de artigos finais e peças de reposição impressas em 3D.

Os benefícios de se fazer isso são tão grandes que, de acordo com o estudo de 2018 da Gartner, 38% dos gerentes de supply chain já estão usando impressão 3D e 47% planejam usá-lo nos próximos dois anos.

Se 17 de cada 20 profissionais da cadeia de suprimentos tiverem implementado a impressão 3D em suas redes de distribuição, sua empresa provavelmente também deve.

1. Impressoras 3D para evitar os efeitos negativos da terceirização

Durante décadas, as indústrias terceirizaram serviços que usavam processos tradicionais de fabricação. Antes, isso fazia sentido. Mas, à medida que os custos de frete internacional aumentam e os impostos comerciais ocupam as manchetes, a logística global está se tornando mais arriscada e mais cara.

Acrescente a isso o tempo necessário para negociar com vários fornecedores e o desafio de se comunicar através de diferentes fusos horários e diferentes idiomas. Mais fragmentadas do que nunca, os fornecedores terceirizados começaram a perder seu brilho.

Por outro lado, a maior vantagem das impressoras 3D é que elas não são uma ferramenta para fabricação isolada. Elas oferecem um processo de ponta a ponta, que serve como um método de produção completo.

O melhor de tudo é que ela não segue o método tradicional de supply chain: planejar, fornecer, entregar e retornar. Isso significa que você pode evitar o risco da previsão de demanda. Afinal, se você prever a resposta errada para “quantos produtos eu vou vender?”, isso significa uma redução de lucratividade.

Em vez disso, a impressão 3D realmente se destaca nas áreas de produtos de baixa demanda e baixa movimentação. De acordo com este relatório da DHL, o estoque de peças de reposição pode representar, em média, mais de 20% do estoque excedente ou não utilizado de uma empresa. E não é de se surpreender: os fabricantes de automóveis, por exemplo, devem estocar peças de reposição por sete a dez anos para cada veículo fabricado.

Leia mais sobre: Terceirização vs. implementação da impressão 3D.

2. Grandes economias para supply chain simplificadas

Não é incomum mencionarmos o ROI da impressão 3D em comparação com a terceirização. O que não é tão frequentemente mencionado, são as economias ocultas obtidas com a simplificação da cadeia de suprimentos. Abaixo estão cinco exemplos de como a impressão 3D pode gerar ainda mais retornos sobre seu investimento:

Custos com transporte

Se o seu negócio ainda enfrenta o desafio logístico de enviar peças sobressalentes ou peças de baixo giro do exterior, então há algumas economias fáceis de serem realizadas. Esta pesquisa sugere que, ao instalar uma impressora 3D em seu armazém para fabricação de peças sob demanda, você pode economizar até 85% em custos de envio.

Estocagem e armazenamento

Ao consolidar seu estoque em excesso e de baixo giro para liberar espaço no depósito, a mesma pesquisa sugere que você pode economizar até 17% no armazenamento. E isso sem mencionar o tempo extra economizado por não ter que verificar e racionalizar o estoque. Além disso, você pode evitar custos de falta de estoque, pois as peças são impressas em 3D para atender à demanda.

As peças de reposição sob demanda da impressão 3D podem ajudar você a economizar até 85% em custos de transporte e 17% em custos de armazenamento.

Produção de baixo custo

Por um custo mínimo, as peças impressas em 3D podem ser feitas sob demanda com qualidades físicas que se aproximam das moldagens por injeção. Isto é uma especificamente para a Ultimaker S5. Com um mecanismo alimentador reforçado e o núcleo de impressão CC Red 0.6, essa impressora 3D de grande volume pode fazer a extrusão de compósitos e plásticos avançados e abrasivos dos principais fornecedores de materiais do mundo.

A Wishbox é pioneira no fornecimento de impressoras 3D no Brasil e é a representante oficial da Ultimaker. Nosso sistema de treinamento torna a tecnologia simples de usar: a capacitação de novos usuários leva poucas horas. E as peças impressas exigem um mínimo de pós processamento

Menos desperdício de material

A impressão 3D produz peças camada sob camada. Ao contrário dos métodos de fabricação subtrativa, como a usinagem CNC, a manufatura aditiva coloca o filamento somente onde é necessário. Menos material desperdiçado significa menos custos de transporte e descarte de resíduos, além de ser mais sustentável.

Mão-de-obra reduzida

No passado, a terceirização para fábricas no exterior funcionava porque os custos de mão-de-obra eram baratos. Porém, a impressão 3D reduz a dependência dessa variável. Na verdade, uma pessoa pode operar uma pequena unidade de produção de peças sobressalentes diretamente dentro do seu armazém. Isso graças ao aumento do tempo de atividade e da confiabilidade da impressora 3D, com conectividade em rede, controladas por um software intuitivo de gerenciamento de impressoras, como o Cura Connect.

3. Faça toda sua cadeia de valor mais ágil

Cadeias de suprimentos tradicionais não são conhecidas por sua capacidade de resposta rápida. Ao reduzir a duração da fabricação e cortar o transporte internacional, a impressão 3D quase anula os prazos de entrega. Dependendo da complexidade, a maioria das peças impressas é produzida em horas, não em semanas. E a produção pode ser facilmente dimensionada com várias máquinas para atender a demanda.

Ao aproveitar este sistema de atendimento de pedidos responsivo e flexível, sua empresa ganhará vantagem competitiva. E à medida que você transforma cada vez mais sua supply chain em um pipeline moderno, você poderá tirar proveito de outras eficiências – como ciclos de produto mais curtos.

4. Desempenho de produto exclusivo com impressão 3D

A impressão 3D possibilita uma produção de pequenos lotes com uma vantagem significativa: liberdade geométrica. Peças de uso final e peças de reposição feitas com métodos de produção tradicionais, como moldagem por injeção, devem seguir regras restritivas de projeto para fabricação.

Essas regras mudam substancialmente com a impressão 3D, permitindo geometrias mais exóticas e eficientes, o que também pode alavancar o design generativo. Essa técnica usa IA (inteligência artificial) para melhorar o desempenho estrutural, economiza o uso de materiais e pode reduzir ainda mais o ciclo de projeto para fabricação.

Múltiplas partes também podem ser consolidadas em uma única parte mais forte. Por exemplo, a Snow Business usa impressoras Ultimaker 3D para imprimir as geometrias complexas necessárias para os bicos das máquinas de neve.

5. Diferenciação competitiva através de sob demanda

Da mesma forma que a Uber influenciou a indústria de táxis e a Airbnb o setor de hospedaria, os consumidores têm um controle cada vez maior sobre as cadeias de suprimentos. Como a digitalização alimenta a “economia de demanda”, a impressão 3D combina perfeitamente com a manufatura conectada.

Essa produção de peças sob demanda oferece a oportunidade de maiores níveis de personalização para produtos finais ou em fase de desenvolvimento. Por exemplo, roupas com elementos impressos personalizados ou uma capa de smartphone com um design personalizado. As peças também podem ser individualizadas, como auxiliares de fabricação com ergonomia específica para o trabalhador.

O melhor de tudo, quando se trata de peças de baixa rotatividade, a impressão 3D garante disponibilidade do produto por meio de fabricação sob demanda. Essencialmente, as impressoras 3D podem substituir seu inventário “just-in-time”. Os armazéns virtuais podem enviar arquivos de modelo 3D digitalmente para a impressora 3D mais próxima. Empresas de logística como a DHL e a UPS já estão usando a impressão 3D para complementar seus serviços quando peças específicas são necessárias no menor tempo possível.

Após uma melhoria tardia no design do porta-carretel Ultimaker 3, evitamos atrasar o lançamento imprimindo em 3D a peça interna

6. Melhor satisfação do cliente

A incorporação da impressão 3D em sua cadeia de suprimento aumentará a satisfação e a lealdade do cliente. Isso se tornará realidade quando sua empresa puder manter os níveis de serviço em 100%.

Conclusão

Já vimos países em desenvolvimento deixarem telefones fixos em favor de telefones celulares. Tecnologia que é mais flexível e requer menos infra-estrutura é sempre preferível. Portanto, não é difícil imaginar esses mesmos países ignorando as complexas cadeias de suprimento nas quais se baseiam hoje, para métodos que abrangem a Indústria 4.0.

Nem tudo deve ser impresso em 3D. Mas com seus múltiplos benefícios – como a solução do desafio perene de uma armazenagem “caso precise” -, a tecnologia de impressão 3D oferece oportunidades na supply chain que não devem ser ocultas.

Se você está pensando em introduzir a impressão 3D em sua empresa, clique abaixo para uma consultoria adaptada às suas necessidades específicas.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados