Manutenção de impressora 3D: Aprenda quando e como fazer

Atualizado em: 1 de outubro de 2020 às 8:08

Uma das dúvidas comuns de quem está pensando em investir em uma impressora 3D é sobre a manutenção.

Até mesmo quem já comprou um desses equipamentos pode se perguntar sobre como fazer reparos e com qual frequência deve revisar o funcionamento da máquina.

Por isso, continue lendo este conteúdo para aprender tudo o que você precisa saber a respeito da manutenção da sua impressora 3D.

Por que fazer manutenção preventiva da sua impressora 3D?

A manutenção preventiva é parte da rotina de qualquer equipamento.

Por maior que seja a qualidade da máquina, em algum momento, será necessário trocar uma peça ou alinhar os componentes para garantir bons resultados.

Nesse sentido, muitos acabam errando por esperar por um indício de falha ou defeito nas impressões antes de revisar o funcionamento da impressora.

Essa postura pode ser bastante comprometedora, já que demanda a paralisação da produção para que o problema seja resolvido – o que resulta em prejuízos para os projetos.

O único jeito de contornar essa situação e evitar surpresas desagradáveis é, portanto, seguir um calendário de manutenção preventiva.

Ao incluir as ações de revisão e reparo na agenda, é possível se programar para manter a produção ativa ao mesmo tempo em que garante que a máquina continue em pleno funcionamento.

Quando é necessário fazer manutenção da impressora 3D?

Como já citamos, o ideal é que a manutenção da sua impressora seja feita antes de que um defeito o obrigue a paralisar a produção.

É importante ter os períodos de revisão planejados para garantir a regularidade das suas ações.

Trabalhar com manutenção de forma preventiva acaba sendo também uma economia para o bolso, já que você tem tempo de pesquisar para comprar os insumos com melhor custo-benefício do mercado.

Assim, evita ter que pagar mais por uma urgência, pois se programou para fazer as intervenções com a antecedência necessária.

Como fazer a manutenção da sua impressora 3D?

Agora que falamos sobre a importância e a frequência das manutenções, vamos apresentar os pontos que você não pode esquecer durante o processo.

Confira!

manutencao 3d dos bicos da impressora 3d
Prejuízos como o extraviamento dos bicos da sua impressora 3D podem ser resolvidos com manutenção periódica

Faça a inspeção ocular

Pode parecer óbvio, mas a inspeção visual feita de maneira periódica é um caminho simples e eficiente para a manutenção.

Realizada por olhos treinados, essa conferência pode indicar problemas como acúmulo de resíduos ou poeira no equipamento.

Calibre a máquina

Na maioria dos casos, as impressoras 3D vêm calibradas de fábrica e prontas para o uso.

De tempos em tempos, porém, será preciso verificar a calibração do seu equipamento e realizar os ajustes necessários – você vai conhecer alguns parâmetros importantes mais à frente, ainda neste texto.

Mantenha as correias esticadas

Às vezes, a impressão 3D apresenta dimensões distorcidas e isso pode ser culpa das correias mal posicionadas – com o tempo e o uso, a peça pode afrouxar.

Tente ajustar o tensionamento sempre que possível e considere a troca do material caso o ajuste não seja suficiente.

manutencao 3d correias alinhadas
Verificando o alinhamento e tensão das correias

Lubrifique os eixos

Ainda sobre as correias, pode ser que a deformação na sua impressão ocorra por falta de lubrificação nos eixos X, Y e Z.

Esse problema é resolvido com o uso de graxa branca de lítio ou óleo lubrificante para garantir que as partes deslizem sem atrito.

Limpe o conjunto extrusor

A limpeza periódica do extrusor é importante ainda que a sua checagem visual não indique a necessidade.

O extrusor é o bocal por onde os filamentos para a impressão passam até a plataforma.

Um entupimento desse canal pode prejudicar a qualidade do acabamento e até mesmo causar danos maiores à impressora.

Realize a troca do tubo de alimentação de forma preventiva

Uma das causas de entupimento na extrusão é o desgaste natural que ocorre no tubo de alimentação da máquina.

A peça trabalha em altas temperaturas e, às vezes, pode acumular material residual da impressão.

Por isso, a manutenção preventiva indica a troca do tubo de seis em seis meses.

Avalie a pressão do tracionador

O tracionador é um componente da impressora que trabalha para ajustar a pressão ideal aplicada para empurrar os filamentos na extrusão.

É muito importante verificá-lo frequentemente para garantir que o material está sendo extrusado conforme as suas configurações.

Limpe a engrenagem de acionamento

Não é para acontecer, mas, com o tempo, pode ser que as engrenagens do motor sejam comprometidas por pequenos filamentos que escapam do extrusor.

Por isso, a limpeza desses componentes com um pincel também precisa estar programada em sua manutenção preventiva.

Verifique se os parafusos e conectores estão em ordem

Como qualquer equipamento que tem partes móveis, a impressora 3D está sujeita a vibrações que podem afrouxar os seus parafusos e conectores.

Assim como fazer a limpeza, é importante também verificar periodicamente se todas as engrenagens estão no lugar e as conexões elétricas em dia.

Atualize o firmware

Além do hardware – que é a máquina em si -, a impressão 3D também conta com uma parte informatizada chamada de firmware.

Para ter os melhores resultados, certifique-se de que o equipamento está com as últimas atualizações lançadas pelo fabricante.

Nivele e limpe a mesa

A nossa última dica pode até parecer óbvia, mas é bastante importante.

Antes de começar a sua impressão, certifique-se de que a mesa está limpa (poeira ou cola) para garantir a adesão adequada da primeira camada.

É essencial também conferir o nivelamento para assegurar que não haverá distorções na peça.

manutencao 3d nivelamento da mesa
Nivelamento da mesa sendo realizado

Devo contratar assistência técnica para fazer a manutenção?

Depois de conhecer todos os pontos que devem ser verificados em uma manutenção preventiva, você pode estar se perguntando se vale a pena contratar uma assistência técnica.

A resposta para essa pergunta depende muito da sua demanda e da complexidade do seu equipamento.

Não há dúvidas de que contar com esse suporte pode ser bastante interessante, pois isso deixa o proprietário seguro de que tem profissionais especializados cuidando da sua máquina.

Por outro lado, obviamente existe um custo envolvido nessa contratação e é preciso calcular se o investimento se justifica.

Conclusão

A manutenção da impressora 3D é uma questão que preocupa muitos usuários que não sabem como evitar prejuízos.

Como vimos neste artigo, a prevenção é sempre o melhor caminho para evitar surpresas desagradáveis e que podem obrigar uma pausa na produção.

Seja com a contratação de assistência técnica, seja com mão de obra interna, a manutenção adequada garante o funcionamento da sua impressora 3D por muito tempo.

Gostou do conteúdo?

Confira outros sobre o universo da impressão 3D no blog da Wishbox

Inscreva-se na nossa Newsletter

Compartilhe!

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados