Tecnologia acessível: Impressão 3D desktop na Era da Indústria 4.0

Atualizado em: 10 de outubro de 2019 às 5:24

A indústria de impressão 3D existe há 25 anos. Mas só há alguns anos atrás, aconteceu uma mudança que fez com que ela fosse vista como uma alternativa mais viável quando comparada aos métodos tradicionais de fabricação, se tornando uma tecnologia acessível. Isso resultou na difusão das impressoras 3D no ambiente profissional, em grande parte devido aos níveis mais altos de acessibilidade.

“Grandes empresas e empresas de médio porte costumavam ter grandes impressoras 3D industriais”, disse Merijn Neeleman, diretor de gerenciamento de portfólio da Ultimaker. “Havia um local central com um especialista sabendo tudo, sabendo lidar com máquinas complexas. Era como uma loja dentro da empresa”.

Este especialista atuava como um gatekeeper entre as impressoras 3D e os funcionários dentro da empresa. Enquanto isso, as empresas menores – aquelas sem os recursos para investir nas grandes impressoras 3D – dependiam de prestadores de serviços, que ofereciam a mesma qualidade.

Do bureau de serviços para o desktop

Mas as coisas mudaram! As impressoras 3D agora são mais acessíveis em termos de custo e tamanho, tanto no que se refere à demanda de infraestrutura quanto de estrutura física: consumo de energia, espaço físico, sistemas de filtragem de ar. Elas também são fáceis de operar e manter. Isso permitiu que as impressoras 3D se tornassem uma opção para criar quase tudo, desde protótipos até peças de uso final.

“É muito animador e constrói toda uma nova geração”, diz Merijn.

A Sylatech usa uma impressora 3D da Ultimaker para prototipar peças de amostra para seus clientes, permitindo que testem seus projetos sem ter que investir em ferramentas antes da fundição

Leia mais: Fundição de peças de metal a partir de impressão 3D.

O fato de as impressoras 3D terem se tornado uma “tecnologia mais acessível” para ser internalizada por muitas empresas, se encaixa perfeitamente com os processos e teorias da Indústria 4.0.

A tecnologia acessível é digital

Como um movimento, a Indústria 4.0 é focada em digitalização – de fluxos de trabalho, de almoxarifados, de supply chains. Essa tecnologia acessível proporciona redução de custo, maior velocidade e facilidade.

“A ideia por trás da Indústria 4.0 é a manufatura digital, garantindo que você tenha total controle digital sobre sua produção, e que, ao chegar ao fim da processo, exista um “gêmeo digital” ou uma cópia”.

A Indústria 4.0 e as impressoras 3D – como uma tecnologia acessível – também incentivam a proatividade. Elas capacitam as pessoas no fluxo de trabalho para tornar seus processos mais eficientes. Se as pessoas podem imprimir em 3D internamente, não há necessidade de terceirização, de preenchimento de formulários, de convencimento de um chefe, de espera de pedidos de protótipos, peças de uso final ou moldes – sem mencionar o pagamento desses pedidos. Em outras palavras, as impressoras 3D atuam na economia sob demanda, permitindo que os usuários criem o que querem, quando quiserem ou precisarem.

A criatividade solucionará todos os problemas no mundo. A impressão 3D toma uma parte modesta nisso. “No momento em que você coloca uma impressora 3D entre as pessoas, você tem mais iterações”. E mais iterações, resultam encontrar uma solução melhor.

A ABB Robotics usa a Ultimaker para imprimir os dedos dos robôs, que antes eram muito caros e levavam cerca de cinco semanas para cada iteração. As peças impressas em 3D, no entanto, custam quase nada e levam cerca de uma hora para serem criadas.

A inovação começa aqui

Mas qual é o lugar da Wishbox no mercado de impressão 3D e na Indústria 4.0? Nossas impressoras 3D desktop são compactas, eficientes, e possuem uma variada gama de aplicações profissionais que crescem a cada dia. Prestando todo o suporte necessário, desde consultoria personalizada, implementação da tecnologia, treinamento e manutenção, criamos um sistema que garante que os nossos clientes possam focar no desenvolvimento dos seus projetos enquanto possuem uma ferramenta de qualidade para a impressão 3D.

Empresas em todo o Brasil já estão aproveitando o que a Wishbox tem a oferecer. Da Fortev à personalização de carros, da Embraco ao desenvolvimento de elevadores, a impressão 3D está transformando as operações de negócios, impulsionando a inovação, o progresso e surfando a onda da Indústria 4.0.

Gostou do nosso artigo? Não esqueça de se inscrever na nossa newsletter! E se você quer saber como introduzir a impressão 3D no seu negócio, baixe nosso white paper agora.

Referência: Ultimaker.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados