Robôs de telepresença a serventia da medicina

Atualizado em: 17 de setembro de 2020 às 17:35

A revolução está acontecendo bem diante dos nossos olhos durante a pandemia: os robôs de telepresença estão trabalhando a serventia da medicina.

A adoção da robótica já vem crescendo em alguns setores no Brasil e no mundo , mas com a chegada do coronavírus, viu-se um grande benefício dessa tecnologia na área médica.

Continue lendo nosso post e saiba mais:

Robôs ajudam meio a pandemia

De acordo com a reportagem do jornal “The New York Times”, a pandemia forçou uma aceleração da automação nos Estados Unidos.

robos de telepresenca medicina temi

O grande intuito é minimizar ao máximo o contato entre humanos e evitar a disseminação rápida do coronavírus.

“Antes da pandemia, as pessoas poderiam pensar que estávamos automatizando demais. Mas este evento vai levar as pessoas a pensar no que mais deve ser automatizado”
– Richard Pak, professor da Universidade Clemson, para New York Times.

Especialistas recomendam que o distanciamento social ainda seja mantido mesmo após o fim da quarentena, isso significa que a adoção dos robôs de telepresença ainda terá utilidade nos hospitais.

Robôs para Telemedicina no Brasil

E não é só em terras estrangeiras que essa tecnologia está sendo usada.

Em 16 de abril deste ano, o governo sancionou a Lei 13.989/20, que permite o uso de tecnologias de telemedicina para atendimento médico.

No Hospital das Clínicas, em Ribeirão Preto, um robô já está sendo usado para ajudar em vários atendimentos.

Depois de muitos médicos precisarem ser afastados por contaminação, os robôs foram a solução para manter o contato entre médicos e pacientes sem maiores riscos.

“O robô permite que nós tenhamos a relação entre o profissional da saúde e o paciente sem nos expormos à riscos. Esse é o ponto que ele tem sido utilizado”
– Dr. Fernando Vilar

O uso dos Robôs para Telemedicina permanecerá no futuro?

Matéria publicada pela revista Istoé Dinheiro destaca a Telemedicina com uma das tecnologias que está sendo impulsionada pela Pandemia mas que será mantida após o surto passar.

Evitar a contaminação pelo Coronavírus não é a única vantagem do uso de robôs de telepresença em benefício da medicina.

Mesmo após a pandemia, os robôs deverão ser usados nos hospitais para consultas remotas, permitindo que médicos especialistas de outras localidades auxiliem em casos complicados.

robos de telepresenca medicina telemedicina

A possibilidade de realizar rounds em beira de leito remotamente com os robôs vai agilizar os atendimentos por médico plantonistas, que poderão fazer o atendimento de qualquer lugar, favorecendo uma desospitalização mais rápida.

Confira também: Telemedicina: Como os robôs estão revolucionando o contato entre médicos e pacientes

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados