3D Builder: conheça os recursos e aprenda a usar

Atualizado em: 17 de setembro de 2020 às 17:31

O 3D Builder é uma das soluções indicadas para quem está começando a trabalhar com impressão em três dimensões.

Tanto a interface amigável quanto o dashboard simples permitem que até mesmo iniciantes nesse tipo de projeto consigam dar vida a objetos facilmente.

Mas esse software tem muito mais a oferecer e, por isso, vale a pena explorar seus recursos para ir além.

Avance na leitura e descubra neste texto como criar itens incríveis com a ajuda desse programa para Windows.

O que é 3D Builder?

Lançado em novembro de 2013, o 3D Builder é a solução da Microsoft para impressão em três dimensões.

Ele também trabalha a partir de arquivos 2D, ou seja, converte imagens para fazer os mais variados objetos.

Com esse software, é possível dar vida a criações em 3D com rapidez e simplicidade, já que ele dispõe de catálogo de artigos prontos e formas variadas.

Dada a sua interface extremamente amigável, o usuário pode ajustar, escalar e rodar objetos antes da impressão.

Para usá-lo, é necessário contar com o Windows 8.1 ou versões superiores e uma impressora 3D que seja compatível.

Não é preciso instalar nada, afinal, o próprio Windows já reconhece esse tipo de equipamento pelo suporte “plug and play”.

Tal como no modelo 2D, é possível incluir várias impressões na fila e, se preferir, pode ainda mesclar objetos diferentes para criar novos.

Além disso, no 3D Builder, projetos baixados da internet ou feitos com outros softwares abrem sem a necessidade de utilizar plugins.

Para tanto, existem três métodos distintos:

  • Carregar os objetos por meio de um arquivo externo
  • Criar um artigo novo por digitalização do Sensor Kinect v2
  • Escolher um modelo da biblioteca do próprio 3D Builder.
microsoft 3d builder interface
Interface do software 3D builder

Como aprender a usar o 3D Builder?

Não há como usar o 3D Builder sem antes conhecer os conceitos básicos.

Felizmente, eles são tão fáceis de aprender que, lendo algumas poucas linhas, você já fica por dentro dos primeiros passos.

Nesse caso, o que vale saber é que existem, basicamente, duas vias de impressão.

A primeira é a partir de objetos em duas dimensões, como imagens que podem ser, inclusive, digitalizadas.

A outra é por meio de arquivos nos quais o item em 3D já esteja pronto para impressão.

A interface intuitiva e simples, que já citamos, permite operar o software por comandos fáceis de entender.

Não por acaso, o 3D Builder é considerado um programa ideal para quem está começando nessa área.

Quais são os recursos disponíveis no 3D Builder?

Embora seja simples e intuitivo, o 3D Builder apresenta uma série de recursos interessantes.

Nele, você terá acesso a ferramentas capazes de facilitar seus trabalhos, incrementar e embelezar os mais variados objetos.

Conheça as principais a seguir.

Leitura de diversos tipos de arquivo

Um ponto positivo do 3D Builder é que ele permite realizar impressões a partir de uma extensa gama de formatos de arquivo.

São eles:

  • 3MF
  • STL
  • OBJ
  • PLY
  • WRL (VRML v2.0)
  • glTF(v2.0).

Conversão de imagens

Outro recurso de destaque é a impressão a partir de imagens em duas dimensões.

É possível, inclusive, tirar fotos com a sua webcam e, em seguida, convertê-las em objetos 3D.

Integração com Kinect V2 Sensor e 3D Scan

Com o aplicativo 3D Scan, você pode até digitalizar a si próprio, transformando-se em um objeto decorativo ou para outras finalidades.

Pelo Kinect V2 Sensor, é possível também escanear e importar um projeto 3D totalmente novo.

Nivelamento de objetos

Caso o seu objeto esteja desnivelado, pelo 3D Builder, você consegue adicionar uma base, permitindo, assim, a sua impressão.

Armazenamento em várias extensões

Outra vantagem é que, com o 3D Builder, o trabalho pode ser salvo nos formatos mais utilizados em impressão 3D, como os já citados 3MF, STL, PLY e OBJ.

3D Builder tutorial: como transformar imagens 2D em 3D?

Confira, em um rápido passo a passo, como fazer para imprimir em 3D a partir de imagens:

  1. Abra uma imagem em extensão PNG sem fundo
  2. Abra o 3D Builder
  3. Clique em “abrir” e carregue a imagem
  4. Na aba superior, é possível editá-la ao acessar alternativas como “suavização de contornos e níveis” – modifique da maneira que achar melhor
  5. Clique em “importar imagem”; em seguida, as opções “alterar posição”, “redimensionar”, “rotacionar”, “altura da peça”, entre outras, vão aparecer
  6. Uma vez concluídas as edições, clique em “impressão 3D” e salve o arquivo com a extensão STL
  7. Abra o projeto no fatiador e mande imprimir.

Como fazer mudanças em projetos no 3D Builder?

Para realizar alterações em projetos no 3D Builder, basta abrir o arquivo clicando em “carregar objeto”.

Logo que ele carregar, você poderá fazer modificações como mesclar outras formas, duplicar, pintar e até produzir furos.

5 exemplos de imagens que você pode encontrar no 3D Builder

Para tornar a vida do usuário ainda mais fácil, o 3D Builder já vem com uma galeria de imagens prontas.

Veja alguns exemplos abaixo:

1. Foguete

2. Logotipo do Windows

3. Moldes de animais

4. Ônibus espacial

5. Trator de brinquedo

Outras dúvidas frequentes sobre 3D Builder

É comum que surjam dúvidas a respeito do 3D Builder em fóruns online e comunidades de profissionais e aficionados pelo assunto.

Por isso, reunimos as questões mais frequentes e as suas respostas a seguir. Confira!

Posso desinstalar o 3D Builder?

Sim, é possível desinstalar o 3D Builder.

Para tanto, use o PowerShell, um recurso nativo do Windows.

Execute-o como administrador e, quando o sistema perguntar se deseja fazer alterações, responda “Sim”.

Em seguida, digite “Get-AppxPackage *3D Builder* | Remove-AppxPackage” (sem as aspas), e tecle Enter.

O Microsoft 3D Builder é bom?

Para um software gratuito, o 3D Builder é excelente, em especial para quem não tem tanta prática em impressão 3D e precisa de um programa simples de usar.

De qualquer forma, ele não é recomendado para fazer modelagem em 3D a partir do zero.

O Microsoft 3D Builder é gratuito?

O 3D é totalmente gratuito.

Ou seja, você não paga nada para utilizá-lo pelo tempo que precisar.

Conclusão

A quantidade de programas para impressão em 3D é tamanha que pode confundir aqueles que não estão habituados a trabalhar com os formatos disponíveis.

Diante dessa variedade, o 3D Builder aparece como um simplificador, servindo como porta de entrada para quem pretende, no futuro, tornar-se profissional.

Ficou claro os tipos de recursos você encontrará nesse software, certo?

Não deixe de compartilhar este conteúdo em suas redes sociais e espalhe para os amigos o seu conhecimento.

E na hora de comprar sua impressora 3D, conte com a Wishbox!

Inscreva-se na nossa Newsletter

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados