Mulheres na impressão 3D: Conheça 10 grandes influenciadoras

Atualizado em: 2 de junho de 2020 às 10:29

Em clima de reconhecimento, hoje vamos homenagear 10 grandes mulheres na impressão 3D.

Os homens foram as figuras mais marcantes na indústria de impressão 3D desde o início, refletindo a imagem global do setor.

Por exemplo Chuck Hull, reconhecido por ser o inventor da impressora 3D, e Bree Pettis, criador da StartUp MakerBot que popularizou essa tecnologia em todo o mundo, são grandes figuras na história da impressão 3D.

No entanto, à medida que a indústria de impressão 3D cresce em tamanho e alcance, ela também continua a crescer em diversidade e inclusão demográfica.

Continue lendo esse artigo, ou se preferir, ouça no Spotify:

O reconhecimento das mulheres na impressão 3D

As mulheres já representam cerca de 13% da indústria de impressão 3D, e essa porcentagem está crescendo mais a cada dia.

Hoje selecionamos alguns nomes entre as mulheres mais inspiradoras e influentes que trabalham na indústria de impressão 3D atualmente.

Cada uma delas está contribuindo para a indústria de maneiras diferentes e ajudando a moldar a forma como a impressão 3D tem um impacto positivo no design, engenharia, fabricação, educação e biotecnologia.

1. Alison Wyrick Mendoza

mulheres na impressao 3d alison wyrick mendoza

Alison teve uma ampla carreira na indústria de impressão 3D, focada principalmente nas áreas de Manutenção Aeroespacial, Reparo, Revisão Geral (MRO) e Manufatura Aditiva.

Enquanto trabalhava com a GE Additive, ela implementou a criação de acessórios e ferramentas impressas em 3D que ajudaram uma companhia aérea na fabricação.

Alison já palestrou no #3DTalk e hoje dirige seu próprio blog, Additive Alison, onde escreve para educar o mercado da impressão 3D.

2. Anouk Wipprecht

A holandesa Anouk Wipprecht, é uma designer de moda e inovação que trabalha no campo da “FashionTech”, onde moda e tecnologia se unem para criar designs complexos.

Anouk contrata serviços de impressão 3D para criar seus projetos famosos, incluindo o Smoke Dress e o Spider Dress.

A estilista já fez parceria com grandes empresas como Google e Microsoft, e um de seus projetos foi exibido durante o intervalo do Super Bowl de 2011 com o Black Eyed Peas.

Ficou curioso? Clique aqui e acompanhe o trabalho de Anouk no seu Instagram:

Leia também: Coleção de Danit Peleg impressa em 3D

3. Naomi ‘SexyCyborg’ Wu

mulheres na impressao 3d sexy cyborg

Naomi Wu, também conhecida como ‘SexyCyborg‘ é uma youtuber chinesa com mais de 1 milhão de inscritos no seu canal.

Apesar de polêmica, a youtuber é muito conhecida pelos makers e entusiastas da impressão 3D.

Naomi produz vídeos sobre o que há de mais recente em tecnologias de impressão 3D e eletrônica para makers, entre tutoriais e os vários projetos que cria em sua própria oficina.

Siga Naomi, a Sexy Cyborg no Instagram clicando aqui.

4. Kegan Schouwenburg

mulheres na impressao 3d kegan schouwenburg

Kegan Schouwenburg é fundadora e ex-CEO da SOLS, e atual CEO e co-fundadora da Frank Darling com sede em San Francisco.

Fundada por Kegan em 2013, a SOLS cria produtos ortopédicos para melhorar calçados com tecnologias de digitalização e impressão 3D.

O principal produto da empresa, MAPP3D, é a plataforma por trás da personalização dos produtos SOLS.

Kegan foi reconhecida em 2015 pela lista “Forbes 30 Under 30” por sua inovação e esforços empresariais bem-sucedidos.

5. Limor “LadyAda” Fried

mulheres na impressao 3d limor ladyada fried

Limor “LadyAda” Fried é CEO e fundadora da Adafruit, uma empresa de hardware de código aberto que fundou em seu dormitório no MIT.

A Adafruit oferece um local para as pessoas aprenderem sobre hardware eletrônico por meio de guias e séries educacionais, bem como interagir com outros fanáticos por hardware em seus blogs e fóruns.

Limor foi a primeira engenheira a aparecer na revista WIRED e recebeu o Pioneer Award em 2009.

Acompanhe a LadyAda no Instagram clicando aqui.

6. Neri Oxman

mulheres na impressao 3d neri oxman

Neri Oxman possui 1001 competências, ela é professora no MIT, designer, arquiteta e artista, apenas para citar alguns de seus muitos títulos.

A arquiteta norte-americana-israelense utilizou a impressão 3D para propagar o termo “ecologia material” para descrever seu trabalho, isso lhe trouxe destaque no Museu de Arte Moderna e no Smithsonian.

Neri usou tecnologia de impressão 3D para criar sua coleção de “máscaras da morte” que foram apresentadas no Museu de Design de Londres em 2016.

Clique aqui e siga Neri no Instagram.

7. Steph Piper

Steph Piper é CEO do Brisbane Hackerspace e Coordenadora de Engajamento Comunitário da University of Southern Queensland.

Steph não apenas ministra cursos de impressão 3D, modelagem 3D e aulas de arduino, mas também é co-fundadora da Spark Girlz, uma empresa com a missão de educar meninas jovens em tecnologia e habilidades eletrônicas.

Alguns dos modelos 3D de Steph foram usados para implantes de nível médico e vários usos de moda e móveis.

8. Nora Toure

Nora Toure é a fundadora do grupo “Women in 3D printing”, que permite que mulheres de todo o mundo criem uma rede de interesses e contribuições compartilhados para a indústria de impressão 3D.

O grupo tem centenas de membros e oferece oportunidades para crescer em campo com eventos educacionais e um quadro de empregos atualizado continuamente.

Nora também é co-fundadora do #3DTalk, onde promove eventos que apresenta a muitas mulheres do setor a oportunidade de educar e inspirar umas às outras.

Siga Nora no Instagram clicando aqui.

9. Heloisa Neves

Pra fechar com chave de ouro, vamos falar de duas brasileiras que tem causado grande impacto e influenciado muitas mulheres no Brasil.

Heloisa Neves, a brasileira que participou ativamente da criação da Rede de Fab Labs no Brasil, é co-fundadora do WeFab e já palestrou no TEDX sobre o tema.

Além de ser formada em Arquitetura e Urbanismo, e ter doutorado em Design na Universidad de Sevilla, Heloisa adquiriu muito conhecimento ao viajar para conhecer vários FabLabs de referência na Europa ter se graduado pelo Fab Academy de Barcelona em 2012.

Atualmente, ela é professora do Insper e continua contribuindo com a disseminação da cultura Maker no Brasil.

10. Maria Elizete Kunkel

Maria Elizete Kunkel é professora de Engenharia Biomédica (Biomecânica) na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e embaixadora da Women in 3D Printing Brasil.

Formada em Física, Jornalismo Científico e Biomecânica no Brasil e na Alemanha, também coordena projetos de pesquisa nas áreas de Tecnologia Assistiva da UNIFESP.

Além de todos os títulos e teses, Maria criou o Mao3D: uma plataforma dedicada a próteses de impressão 3D para brasileiros.

Acompanhe o trabalho da Maria no Instagram clicando aqui.

Conclusão

Seja no setor de engenharia, arquitetura, design, moda ou em sala de aula, as mulheres sempre estiveram envolvidas com o progresso da tecnologia.

Com a quebra de paradigmas e a maior acessibilidade da tecnologia nos últimos anos, elas vem cada vez mais ganhando espaço e voz no mercado de impressão 3D.

→ Se você sentir falta de alguém que você acha que merece espaço na nossa lista de mulheres na impressão 3D, deixe nos comentários!

Compartilhe!

Comentários:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados