Wishbox Technologies

Pesquisa e Desenvolvimento: O que é, como funciona e como reduzir custos

Pesquisa e desenvolvimento (P&D) é um processo destinado a criar um produto novo, ou mesmo aprimorar um produto já existente.

Esse processo pode garantir uma vantagem competitiva nos negócios, instituições educacionais, na indústria nacional ou à nível internacional.

Embora a recompensa seja muito alta, em um projeto de inovação tecnológica (do qual P&D é a primeira fase) o processo pode ser complexo e arriscado.

Por esse motivo, os esforços de P&D de uma empresa devem ser cuidadosamente organizados, controlados, avaliados e gerenciados.

Continue lendo o nosso artigo e saiba mais.

Qual é o principal objetivo da P&D?

Os objetivos da pesquisa e desenvolvimento podem variar de acordo com o ambiente que está sendo aplicado.

Na indústria, o foco é obter novos conhecimentos, aplicáveis ​​às necessidades do negócio, que eventualmente resultarão em produtos, processos, sistemas ou novos serviços, para aumentar as vendas e os lucros da empresa.

Já no ambiente acadêmico e/ou institucional, o objetivo da P&D é a obtenção de novos conhecimentos, que podem ou não ser aplicados em usos práticos.

Para muitas empresas e instituições ao redor do mundo, o processo de pesquisa e desenvolvimento é indispensável

Como funciona a pesquisa e desenvolvimento em 7 passos

Um processo de P&D pode levar meses ou anos para produzir resultados frutíferos.

Embora cada empresa ou instituição possa ter sua própria metodologia exclusiva, um processo básico de pesquisa pode formar uma estrutura sólida para ela.

Confira como funciona:

1.Identificação do problema: O primeiro passo para começar o processo de pesquisa e desenvolvimento é a compreensão e discriminação dos problemas enfrentados pelo seu público.

2.Brainstorm: Em seguida, a equipe de pesquisa pode se sentar para promover suas ideias. A discussão pode começar, em seguida, reduzir a áreas importantes ou centrais de oportunidade.

3.Seleção de ideias: O conjunto inicial de ideias é vasto e pode ser genérico. A equipe então examinará essas ideias e selecionará as ideias com potencial prático. Nesse ponto, a equipe pode examinar os produtos existentes e avaliar o quão original é uma nova ideia e quão bem ela pode ser desenvolvida.

4.Desenvolvimento das ideias: Uma vez que uma ideia tenha sido completamente analisada, ela pode ser combinada com uma pesquisa de mercado para avaliar a preparação para o mercado. As ideias com verdadeiro potencial são mais uma vez reduzidas e o processo de transformar a pesquisa em um produto comercializável começa.

5.Protótipos e testes de mercado: Agora a ideia precisa ser transformada em um produto prático para que possam ser feitos testes de funcionamento, sendo necessário normalmente o desenvolvimento de um protótipo. A etapa de prototipagem é muito importante e visa identificar possíveis erros de projeto, antes de partir para o investimento em fabricação em escala, e evitar prejuízos. Hoje em dia vem sendo mais comum aplicar nesta etapa o conceito de MVP (Produto Mínimo Viável), que consiste em validar o produto no mercado com testes de utilização dele por clientes finais, identificando assim o grau de aceitação do novo produto, novamente, antes de investir em fabricação em escala.

6.Atividades regulatórias, de marketing e fabricação de produtos: Conforme o produto toma forma, o processo que começou com P&D se divide em áreas relevantes necessárias para trazer o produto de pesquisa ao mercado. Questões como produção em massa e táticas de vendas podem começar a entrar no processo. Aspectos regulatórios são avaliados e os trabalhos começam a atender a todos os critérios de homologação e lançamento. A função de marketing começa a desenvolver estratégias e preparar seus materiais, enquanto estratégias de vendas, preço e distribuição também são planejados.

7.Lançamento: O produto que começou como uma questão de pesquisa agora estará pronto para seu maior teste, a introdução ao mercado. A avaliação do produto continua neste estágio e além, eventualmente levando a possíveis retrabalhos, se necessário.

Para que o resultado seja bem sucedido, é extremamente importante manter a boa comunicação entre os membros da equipe

Obs.: Em qualquer ponto deste processo, a ideia pode ser abandonada. Sua viabilidade pode ser questionada ou a pesquisa pode não revelar o que o negócio esperava. Portanto, é importante analisar cada ideia criticamente em cada estágio e não se tornar emocionalmente envolvido em nada.

Como conseguir redução de tempo e custos na P&D de produtos

As empresas geralmente investem recursos em terceirização de serviços para fazer descobertas que podem ajudar a desenvolver novos produtos.

Porém, internalizar esse processo pode ser um tanto quanto econômico e lucrativo para o negócio, pois ninguém melhor do que a equipe interna para entender sobre os problemas e soluções enfrentados pela empresa e seus clientes.

Confira abaixo algumas maneiras de alcançar o crescimento futuro e manter um produto relevante no mercado de forma mais econômica.

Gerencie seu projeto com cautela

A gestão de projetos de P&D segue basicamente os princípios e métodos de gestão de projetos.

Há, no entanto, uma advertência significativa em relação aos projetos normais de engenharia: Os projetos de P&D são arriscados e é difícil desenvolver um orçamento preciso, em termos de marcos técnicos, custos e tempo para conclusão das várias tarefas.

Portanto, os orçamentos de P&D devem ser considerados inicialmente como provisórios e devem ser gradualmente refinados à medida que mais informações se tornam disponíveis como resultado do trabalho preliminar e do processo de aprendizagem.

Historicamente, muitos projetos de P&D excederam, às vezes com consequências desastrosas, os tempos previstos e orçados para conclusão e os fundos a serem gastos.

No caso de P&D, medir o progresso técnico e a conclusão dos marcos é geralmente mais importante do que medir as despesas ao longo do tempo.

Use tecnologia no processo de pesquisa e desenvolvimento

O investimento em uma tecnologia de prototipagem rápida, como a impressora 3D, pode ser um “trunfo” para reduzir tempo e custo na pesquisa e desenvolvimento.

A impressora 3D é uma das ferramentas da indústria de maior importância para desenvolver novos produtos, devido sua capacidade de fabricar protótipos rapidamente com liberdade de design.

Com ela, modelos físicos são criados em uma fatia de tempo mais rápida que a fabricação tradicional, para que as empresas possam transformar ideias em realidade, com a chance de testar e aprimorar o produto final.

O principal benefício de testar, antecipadamente, um novo produto, é ter a chance de identificar problemas, falhas, encaixes imperfeitos, funcionalidades que não se completam, impacto visual, ajuste anatômico.

De acordo com a finalidade do objeto final, vários parâmetros podem ser checados quando ainda está em fase de protótipo.

Foi essa vantagem que tornou a impressão 3D tão significativa para a empresa L’Oreal, a ponto de usarem a tecnologia para testar novas embalagens antes de lançar seus produtos no mercado.

“Para um novo formato de embalagem, o atraso poderia ser de até 15 semanas para transportar e ter um novo formato de peça de um frasco”, disse Debauge. “Com a impressão 3D, podemos imprimir internamente e é muito rápido para a equipe iniciar a produção”.

À direita está o protótipo impresso em 3D durante processo de pesquisa e desenvolvimento da L’Oreal, e à esquerda o produto final

Clique aqui e leia mais sobre o caso.

Escolha a técnica ideal

Já existem técnicas de desenvolvimento de produtos disponíveis para ajudar no seu processo de P&D, basta você escolher a que melhor encaixa no seu projeto.

1.Metodologia “waterfall” (desenvolvimento em cascata)

Embora o processo de desenvolvimento em cascata “waterfall” tenha mais de 30 anos e seja frequentemente amaldiçoado por engenheiros e gerentes de produto, ele ainda é de longe o processo mais comum usado para criar produtos como os de software por exemplo.

O processo convencional em cascata tem um conceito extremamente simples, embora suas etapas sejam trabalhadas de maneira minimamente detalhada:

1.Desenvolvimento em fases – O projeto progride através de uma série bem definida de fases, começando com uma descrição escrita dos requisitos, em primeiro lugar, apresentando um projeto arquitetônico de alto nível e, em seguida, para um projeto detalhado de baixo nível, em seguida, definição de regulamentos, em seguida, teste e finalmente implantação.

2.Revisão da fase – Cada fase termina com uma revisão dos resultados obtidos, seguida pela aprovação e uma transição explícita para a próxima fase.

Obs.: O método em cascata pode ser aplicado de maneira muito informal ou muito formal, porém, a descrição em detalhes de cada etapa do processo e os muitos documentos entregues devem ser registrados.

2.Metodologia “agile” (desenvolvimento ágil)

A metodologia “agile” (ágil, em inglês) não envolve reuniões diárias, relatórios semanais ou notas adesivas em um quadro.

Trata-se de fazer com que a equipe se concentre em entregar os recursos mais importantes primeiro e efetuar as mudanças necessárias posteriormente, depois do feedback do cliente ou das demandas do mercado.

Para trabalhar a metodologia “agile” com sucesso, você deve priorizar as ideias prioritárias e entregar as análises mais importantes que envolvem essas ideias, em um ciclo de lançamento de três meses ou menos.

3.Metodologia SCRUM

A abordagem Scrum cria um ambiente mais adequado para a pesquisa e desenvolvimento rápido.

Nesta metodologia, as reuniões diárias são substituídas por 2 ou 3 reuniões por semana para acompanhamento e análise das fases de projeto.

Essas reuniões podem ser chamadas de “reuniões de atualização de status” e têm de 15 a 30 minutos.

Além das reuniões programadas para acompanhamento de projeto, ainda pode surgir a necessidade de “reunião sob demanda”, que acontece quando algo inusitado como uma dúvida ou problema surge no meio da pesquisa do projeto.

As reuniões “sob demanda” são reuniões de trabalho de acompanhamento que consistirão em um período de uma hora ou mais para permitir que os problemas sejam completamente resolvidos ou tarefas concluídas.

Além dessas reuniões durante a pesquisa e desenvolvimento, as fases podem ser definidas da seguinte maneira:

Benefícios da pesquisa e desenvolvimento de produtos

Embora configurar uma função de P&D não seja uma tarefa fácil de forma alguma, ela tem grandes vantagens..

A P&D pode ser uma oportunidade para identificar meios de manufatura mais enxutos e econômicos, como vimos acima com a impressão 3D.

Essa redução de custo pode ajudar a fornecer um produto com preços mais razoáveis ​​para o cliente ou aumentar a margem de lucro.

Além disso, com o desenvolvimento de um produto através da P&D, as empresas podem adquirir patentes para seus produtos.

Isso pode ajudá-los a obter vantagem de mercado e consolidar sua posição no setor. Este desenvolvimento de produto único pode levar a lucros a longo prazo.

Conclusão

O processo de pesquisa e desenvolvimento, realizado com maestria, com uma metodologia bem definida e pessoal qualificado, podem garantir o sucesso do seu produto.

Utilizando também uma ferramenta competitiva como a impressora 3D para fase de prototipagem, permite analisar a forma física do seu projeto e testá-lo para identificar possíveis falhas antes da etapa de produção em escala, economizando tempo e recursos e tornando mais dinâmico o processo de criação.

Quer saber como introduzir essa tecnologia no seu negócio? Faça o download gratuito do nosso guia.

[contact-form-7 id=”12146″ title=”Newsletter footer”]

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

RECOMENDADOS PARA VOCê

Todos os posts já foram carregados.
Nenhum artigo encontrado.

Entraremos em contato

Em breve você receberá uma ligação de alguém de nossa equipe.

Preencha seus dados para falar diretamente com a pessoa certa.

Área de Atuação*

Preencha seus dados

Prometemos que será rápido!

Em breve você receberá uma ligação de um especialista para entender sua necessidade e tirar todas as suas dúvidas sobre o produto selecionado.

ESTAMOS DE CARA NOVA

REFORMULAÇÃO DO SITE

IDENTIDADE VISUAL

NOVOS PRODUTOS

Preencha seus dados

Prometemos que será rápido!

Em breve você receberá uma ligação de um especialista para entender sua necessidade e tirar todas as suas dúvidas sobre o produto selecionado.

Área de Atuação*

Preencha seus dados

Prometemos que será rápido!

Em breve você receberá uma ligação de um especialista para entender sua necessidade e tirar todas as suas dúvidas sobre o produto selecionado.

Área de Atuação*

Preencha seus dados

Prometemos que será rápido!

Em breve você receberá uma ligação de um especialista para entender sua necessidade e tirar todas as suas dúvidas sobre o produto selecionado.

Área de Atuação*