Review 2019: Ultimaker S5 Melhor Impressora 3D de Dupla Extrusora

Atualizado em: 10 de outubro de 2019 às 5:26

A Ultimaker S5 foi escolhida pela All3DP – a maior revista de impressão 3D – na Primavera de 2019 como a “Melhor Impressora 3D de Dupla Extrusora”. Confira o Review da Ultimaker S5 para descobrir por que ela é uma excelente impressora 3D desktop multi material acessível até mesmo para pequenas empresas.

Fundada em 2011, a Ultimaker – fabricante holandesa de impressoras 3D – solidificou-se como pioneira na comunidade de impressão 3D opensource (de código aberto). Com uma gama altamente reconhecida de impressoras 3D desktop de nível profissional e um dos slicers mais populares para impressão 3D, o Cura, não há dúvida de que a Ultimaker é um dos players mais influentes no mercado de impressão 3D para desktop.

Em 2016, a empresa lançou a Ultimaker 3, uma inovadora impressora 3D de extrusão dupla que muitos ainda consideram a melhor e mais acessível máquina profissional. Em Abril de 2018, durante a feira de Tecnologias de Manufatura Hannover Messe, a Ultimaker apresentou a nova impressora 3D Ultimaker S5, um modelo maior e melhor que substituiria a amada Ultimaker 3.

A empresa começou então a vender sua nova impressora 3D para seus primeiros clientes. Para que você possa entender a empolgação da equipe All3DP quando a grande caixa da Ultimaker chegou ao escritório, depois de abrir, se depararam com uma impressora 3D robusta e sofisticada, a Ultimaker S5. Confira o que eles pensaram sobre ela:

Prós e Contras

Prós

  • Extremamente fácil de usar e configurar
  • Qualidade de impressão excepcional
  • Grande volume de impressão
  • Capacidades multi materiais são excelentes
  • Interface intuitiva com tela touchscreen que orienta você em todas as etapas do processo
  • Monitoramento de impressão remoto via Cura
  • Perfeita para profissionais e acessível para pequenas empresas

Contras

  • Uma impressora 3D um pouco mais cara (comparando a outras FDM)
  • Tempo de impressão pode ser lento* (dependendo da altura da camada – faz camadas de até 20 mícrons)
    *Nota da Wishbox: Por outro lado pode-se usar camadas de até 600 mícrons para acelerar muito esse processo.
  • O monitoramento via câmera às vezes trava
  • Um pouco de dificuldade de impressão com certos materiais

A escolha da Ultimaker S5 Melhor Impressora 3D Dupla Extrusora

Não se surpreenda com isso, mas a Ultimaker S5 é um pouco mais cara que outros modelos de impressoras 3D desktop. Mas ela faz juz ao título, pois esta impressora 3D não é para novatos ou desavisados. Se você é um designer, engenheiro, pequena empresa, grande empresa, ou até mesmo um profissional com algum dinheiro para investir, a Ultimaker S5 é o melhor modelo de hardware.

O que é notável logo de cara com a S5, é sua incrível qualidade de impressão, a orientação intuitiva desde a configuração da impressão até a remoção da peça e, é claro, o volume maior de impressão. Todas estas características fazem da Ultimaker S5 uma valiosa substituta para a altamente cobiçada Ultimaker 3.

A fabricante holandesa realmente melhorou seu modelo anterior, e sua gama de produtos de código aberto deu um enorme passo em direção ao mercado profissional de alta qualidade.

Como tudo na vida, a Ultimaker S5 não é perfeita. Além do investimento considerável de R$58.000, a impressora é relativamente mais lenta – quando se usa a extrusão dupla. No entanto, essas desvantagens são insignificantes quando comparadas a capacidade da S5 de imprimir em 3D com extrema qualidade.

Descobrimos que, independentemente se a peça for pequena ou grande, a Ultimaker S5 conclui o trabalho e ganha as 5 estrelinhas. O filamento Ultimaker Tough PLA e o material de suporte PVA funcionam muito bem juntos na impressora 3D, sendo capazes de entregar uma variedade de objetos com qualidade de superfície impecável e geometrias complexas.

Quando imprimimos com materiais que não são da Ultimaker, nossos resultados são variáveis. É complicado obter um bom resultado de impressão com o NinjaFlex, por exemplo, mas isso parece ter ligação a problemas de entupimento de bicos. Com o PLA e outros filamentos exóticos, como o filamento Wood, o Ultimaker S5 tem sucesso na maior parte do tempo.

A partir dos testes iniciais, é possível ver que a Ultimaker S5 é excepcionalmente capaz de imprimir multi materiais.

A Ultimaker S5 foi magistral com PLA e PVA e até criou uma das impressões mais impressionantes já vistas (conforme você pode conferir mais abaixo neste artigo). A interface touchscreen e o monitoramento remoto via Cura, tornam incrivelmente fácil imprimir em 3D e monitorar seus trabalhos.

Apesar de exigir maior investimento, é evidente que a Ultimaker não está comercializando a S5 para consumidores por hobby ou makers com pouco orçamento. Esta impressora 3D é projetada para profissionais, designers, empresas, qualquer um que esteja procurando por uma máquina que seja confiável, eficiente, intuitiva e, o mais importante, possa produzir um protótipo ou até mesmo peça funcional muito boa.

Características

Antes de se aprofundar em nossa experiência prática com a Ultimaker S5, vamos te mostrar brevemente os vários recursos e melhorias que essa nova máquina possui.

A característica mais chamativa da Ultimaker S5 é o volume de construção de 330 x 240 x 300 mm, que é bem considerável em comparação com a área de impressão de 215 x 215 x 200 mm da Ultimaker 3. A nova impressora 3D também inclui recursos de extrusão dupla, bem como um sistema de alimentação aprimorado com um sensor de fluxo de filamento que pausa automaticamente as impressões quando o filamento está acabando.

A Ultimaker S5 não apenas possui um volume de impressão generoso, mas também foi projetada para tornar o processo de impressão 3D o mais confiável, eficiente e intuitivo possível. Usando núcleos de impressão intercambiáveis, a Ultimaker S5 é extremamente versátil e fácil de usar e preservar. Quer pretenda imprimir com velocidade ou detalhes ultrafinos, os diferentes tamanhos de bicos permitem-lhe alcançar os seus objetivos de produção de protótipos.

A Ultimaker S5 vem com duas plataformas de construção que podem ser alternadas, otimizando o tempo de remoção da peça para produção. A plataforma de construção se encaixa facilmente no topo da parte aquecida de alumínio fundido extra-rígido.

A Ultimaker também integrou um display touchscreen colorido na parte frontal da impressora 3D, permitindo que até o usuário mais inexperiente consiga ajustar várias definições.

Com um sistema de extrusão Bowden, a cabeça de impressão da Ultimaker S5 é extremamente leve, o que torna o processo de impressão excepcionalmente rápido. A extrusora é projetada com um tubo de passagem de filamento justo que facilita a impressão com materiais flexíveis como o TPU. Um revestimento mais rígido é adicionado para evitar desgaste de longo prazo na engrenagem do alimentador de aço da ferramenta. A Ultimaker também redesenhou a tampa do bocal de silicone para um fluxo de ar mais otimizado e um rendimento de material eficiente.

O novo sensor de fluxo de filamento integrado é capaz de detectar quando o material pára de se mover ou a bobina está ficando fraca, levando a Ultimaker S5 a pausar e notificar o usuário automaticamente.

Ao mesmo tempo que a Ultimaker anunciou a impressora 3D Ultimaker S5, a empresa também abriu as cortinas para revelar o seu novo Ultimaker Tough PLA.

O Ultimaker Tough PLA é um material técnico otimizado para impressões em larga escala, particularmente protótipos funcionais, bem como ferramentas e ferramentas de fabricação. Comparado ao Ultimaker ABS, o Tought PLA oferece uma resistência ao impacto semelhante e rigidez ainda maior.

Umboxing e Configuração

Durante sua avaliação, a equipe All3DP estava ansiosa para imprimir na Ultimaker S5, e não perdeu tempo abrindo a embalagem e configurando. A impressora 3D vem bem embalada com espuma protetora e vem praticamente pronta para imprimir diretamente da caixa.

Além da enorme caixa da Ultimaker S5, a embalagem também vem com uma grande coleção de acessórios e peças de reposição. Ao abrir a caixa com a Ultimaker S5, veja o que podemos encontrar junto com a impressora 3D:

  • x2 mesas de vidro
  • Suporte de carretel com guia de materiais
  • Cabo de energia
  • Cabo Ethernet
  • USB
  • Print Core AA 0,4 (x2: um print core já instalado)
  • Print Core BB 0,4 (x1)
  • Folha de Calibragem XY – Mesa de vidro
  • Cartão de Calibragem
  • Isolador do bocal (x3)
  • PLA Tough 750g
  • PVA 750g
  • Cola bastão
  • Óleo
  • Graxa
  • Chave de fenda hexagonal 2mm – Chave mestra

A Ultimaker S5 pode ser considerada como uma impressora 3D muito fácil de usar, mas existem alguns passos preliminares a serem tomados antes de colocarmos a máquina em funcionamento. Felizmente, essas instruções estão descritas em um pequeno “Guia Inicial Rápido” que possui uma única página (frente e verso).

Dividido em cinco partes, o “Guia Inicial Rápido” começa com instruções sobre como remover adequadamente a impressora 3D da embalagem. Em seguida, ele mostra imagens e descrições sobre como concluir a montagem. Primeiro, tivemos que instalar os tubos de Bowden, prendendo-os com os grampos de fixação removíveis.

O porta-carretel também precisa ser montado na parte de trás da Ultimaker S5, que foi projetada para encaixar no lugar certo. No entanto, essa parte do processo exige mais atenção, pois o suporte do spool é empacotado em diferentes partes. Uma vez encaixado, o cabo do porta-carretel deve ser conectado ao bocal NFC, permitindo que o filamento seja detectado.

O último passo é colocar a mesa de vidro no lugar, o que é fácil graças aos grampos frontais móveis da plataforma de construção. Depois disso, tudo o que resta é conectar o cabo de alimentação e ligar o bebê.

Quando a Ultimaker S5 já estiver funcionamento, a tela touchscreen guiará o usuário em relação ao restante do processo de configuração. Isso inclui selecionar seu idioma, confirmar que a placa de vidro está montada corretamente, inserir o segundo print core (somente o primeiro vem pré-instalado), carregar os materiais de impressão, configurar a conexão de rede e atualizar o firmware (se necessário).

Os dois últimos passos do “Guia Inicial Rápido” focam em configurar sua impressão através do Ultimaker Cura e concluir sua impressão quando estiver pronta. Agora, vamos focar em mais tópicos a seguir.

Design

A Ultimaker S5 possui um design semelhante ao da impressora 3D anterior à ela. Assim como a Ultimaker 3, ela assume o design de uma bonita caixa high-tech, e é marcada com seu mascote icônico de robô em cada lado da máquina.

No entanto, com a S5, a equipe da Ultimaker decidiu implementar uma mudança que a maioria dos fabricantes de impressoras 3D ignorou até o momento. Enquanto a maioria das novas impressoras 3D no mercado estão expandindo o eixo Z, a Ultimaker S5 está focada em fornecer mais largura para imprimir no eixo X.

Como a Ultimaker 3 Extended, a S5 é capaz de imprimir objetos de até 300 mm. No entanto, a largura da plataforma de construção aumentou de 200 mm para 330 mm! Isso permite que os usuários coloquem mais peças em uma única área de impressão ou até mesmo produzam modelos em grande escala com mais largura.

Uma área em que a Ultimaker parece consistentemente superar a concorrência, é com seu design geral de produto, que é quase semelhante a um produto da Apple. Eles conseguiram manter o padrão de qualidade estética mais uma vez com a Ultimaker S5.

O interior da máquina é bem iluminado, permitindo que seus olhos e a câmera enxerguem todos os aspectos do processo de impressão. Na verdade, cada recurso de design implementado na Ultimaker S5 é feito com a lógica e facilidade de uso em mente.

Por exemplo, a mesa de vidro removível pode ser facilmente retirada da impressora para remoção e limpeza de peças. O sistema de alimentação de filamentos é controlado na interface touchscreen e permite o carregamento ou descarregamento rápido de material. Com o carretel de filamento montado na parte de trás da impressora, o material fica fora da visão da Ultimaker S5.

Em visão geral, o design oferece uma aparência clean e minimalista para a Ultimaker S5. É um hardware que pertence ao ambiente de escritório profissional e deve ser exibido com orgulho para todos os visitantes verem.

A Ultimaker tem um dos designs de impressoras 3D mais aprimorados e refinados do mercado, e isso continua fazendo parte na Ultimaker S5. Essa impressora 3D é a maior e mais potente para se juntar à linha de produtos da empresa holandesa, mas ainda mantém a estética clássica da Ultimaker.

Primeiras Impressões

Como de costume, a equipe do All3DP iniciou o processo de revisão da Ultimaker S5 com o famoso 3D Benchy, um teste popular normalmente usado para avaliar a qualidade de uma impressora 3D e suas configurações. Embora a S5 possuir dois bicos para trabalhar, as coisas foram mantidas de forma mais simples neste teste inicial.

A Ultimaker S5 é capaz de imprimir a uma altura de camada de 0,1 mm e, por isso, é possível imprimir o pequeno barco na melhor resolução possível. É claro que, ao selecionar essa altura de camada baixa, o tempo de impressão quase dobra em comparação com a altura da camada padrão de 0,2 mm. Mas depois das 3 horas que o Benchy é finalmente concluído, a diferença de qualidade fica evidente.

Impressa com filamento Ultimaker Tough PLA, nossa primeira peça possui uma incrível qualidade de superfície, você mal pode ver as camadas no casco do navio. Houve um pouco de dificuldade com as saliências em direção ao topo do barco, mas para a primeira impressão, pode-se ficar totalmente satisfeitos com o resultado.

Mas não se pode julgar a capacidade do Ultimaker S5 sem utilizar os dois bicos! E assim, a equipe All3DP carregou o PVA no segundo bico e procurou um modelo que exigisse suporte em sua avaliação. A próxima impressão escolhidas foi uma Miniatura de D & D de 3D-Mon, que é um modelo de jogo de guerra que tem uma tonelada de detalhes, da espada embainhada ao fluxo das roupas do guerreiro.

Embora pareça que a impressão 3D SLA fosse mais adequada para lidar com a complexidade desse design, achamos que seria uma maneira perfeita de testar o mecanismo multi material e a resolução de camadas da S5. A impressão resultante foi coberta em suporte PVA, e depois deixada em um recipiente de água durante toda noite.

Na manhã seguinte, é possível encontrar um modelo impecável de D & D flutuando na água. Depois que o PVA se dissolve, é possível examinar a impressão 3D com surpresa. Usando a altura da camada de 0,1 mm mais uma vez, é visível que o guerreiro fica quase perfeito. Cada detalhe é minimamente aparente e a qualidade da superfície é de cair o queixo – para dizer o mínimo. Ainda com um pouco de PVA no modelo, mas uma simples limpeza ou duas é suficiente para removê-lo.

Até aí tudo bem, mas o grande volume da Ultimaker S5 ainda não foi colocado à prova. O próximo modelo selecionado foi o complexo modelo que nos leva a pensar “fazer ou não fazer”, o Human Skull.

Este é mais um modelo que seria impossível imprimir sem suporte. Mudando agora para uma altura de camada de 0,2 mm, esta caveira ainda saiu com ótimos detalhes. Na verdade, essa foi provavelmente a impressão mais impressionante que alcançamos na Ultimaker S5.

A impressora 3D faz um trabalho milagroso, estabelecendo suporte PVA em torno do modelo principal, e uma vez que o material é lavado, fica apenas o modelo de crânio humano incrivelmente realista. Mesmo nas seções difíceis de imprimir, como a área da mandíbula, a peça final não apresenta stringing ou saliências problemáticas.

Depois terminado o primeiro lote de impressões com o material Tough PLA e PVA, a equipe queria experimentar impressões multi-coloridas na sua avaliação. Infelizmente, na primeira vez, a Ultimaker S5 apresentou um pouco de dificuldade para esta tarefa em relação a impressão de multi-materiais. Foram carregados dois filamentos PLA com cores diferentes e a tentativa foi imprimir o 2-Color Tree Frog.

Essa impressão 3D em particular possui um design complexo, com linhas de torção entrelaçadas por todo o corpo do anfíbio. Embora a Ultimaker S5 tenha sido capaz de completar esta impressão sem problemas, o objeto apresentou algum stringing e qualidade de superfície inferior.

A qualidade dessa impressão foi um pouco abaixo da expectativa, mas como essa impressora 3D profissional provavelmente será usada para produzir protótipos complexos e repletos de suporte com mais frequência do que rãs coloridas, ela não seria necessariamente um problema para o negócio.

Até agora, descobrimos que a impressora é excepcional quando se trata de impressões de PLA e PVA, mas é menos eficaz com a impressão em várias cores.

*Nota da Wishbox: Nós também testamos a impressão com 2 cores aqui na Wishbox, imprimindo na Ultimaker S5, e o resultado foi ótimo! Veja o resultado incrível na foto abaixo e clique aqui para ver o passo a passo dessa impressão.

Furadeira da Ultimaker (Hand Drill) impressa na Ultimaker S5 pela Wishbox

Software da Ultimaker S5 Melhor Impressora 3D de Dupla Extrusora

Um dos principais benefícios da utilização de uma impressora 3D da Ultimaker é a compatibilidade com o Ultimaker Cura. A Ultimaker S5 certamente não é uma exceção a essa vantagem. Na verdade, esta impressora 3D é totalmente otimizada para trabalhar com o popular slicer de impressão 3D e o Cura Connect, uma plataforma complementar projetada para gerenciamento de impressoras 3D.

Ao configurar as impressões no início desta análise, foi possível imprimir na Ultimaker S5 usando a conectividade sem fio. Você pode não apenas preparar um modelo 3D e configurar para enviar pela rede, os usuários também podem assistir a impressão via transmissão ao vivo, preparar uma fila para vários trabalhos de impressão e até saber a hora exata em que a impressão será concluída.

Em visão geral, a experiência de impressão 3D foi definitivamente aprimorada e simplificada pela compatibilidade com o Cura. A versão mais recente do software de fatiamento suporta totalmente a Ultimaker S5, facilitando o ajuste das configurações e o gerenciamento da impressora 3D.

Há apenas alguns bugs que podem ser experienciados. Por exemplo, a câmera às vezes pode congelar ou escurecer enquanto é feito monitoramento remoto da impressão. Fora isso, o processo de usar o Cura para controlar a Ultimaker S5 é ótimo, mostrando mais um ponto expressivo no ecossistema profissional de impressão 3D da Ultimaker.

Mais ou menos na mesma época em que a Ultimaker S5 foi vista pela primeira vez, a fabricante de impressoras 3D holandesa também lançou o novo Ultimaker App, permitindo que os usuários monitorem remotamente e permaneçam atualizados sobre o progresso da impressão. Este aplicativo para celular e tablet pode notificar os usuários da Ultimaker quando o trabalho de impressão estiver pronto ou quando a impressora 3D exigir atenção especial de manutenção.

Especificações técnicas

  • Tipo de montagem: Pré-montado
  • Dimensões: 495 x 585 x 780 mm
  • Volume de Construção: 330 x 240 x 300 mm (13 x 9,5 x 11,8 polegadas)
  • Resolução da Camada: Bocal de 0,25 mm: de 150 a 60 mícrons
    Bocal de 0,4 mm: de 200 a 20 mícrons
    Bocal de 0,8 mm: de 600 a 20 mícrons
  • Temperatura de Impressão: Até 280 ˚C
  • Velocidade de Impressão: < 24 mm³ / s
  • Resolução XYZ: 6,9, 6,9, 2,5 mícrons
  • Cabeça de Impressão: Extrusão dupla com material de suporte solúvel
  • Print Cores (extrusores) Intercambiáveis
  • Placa de Construção Aquecida com Nivelamento Ativo
  • Sistema de Filamento Aberto
  • Materiais: PLA, Tough PLA, Nylon, ABS, CPE, CPE +, PC, TPU 95A, PP, PVA, Breakaway, e + Materiais de terceiros

Onde comprar?

A impressora 3D Ultimaker S5 está atualmente disponível através de revendedores exclusivos em vários países ao redor do mundo, como a Wishbox Technologies no Brasil. A Wishbox oferece um atendimento de excelência desde a consultoria, até a implementação e suporte técnico especializado para a Ultimaker S5.

Para saber mais detalhes sobre a Ultimaker S5 clique aqui. E se você quer entender quais as aplicações que ela pode proporcionar ao seu ambiente de trabalho, clique no botão abaixo e fale com um de nossos especialistas.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados