Saiba o que é Planejamento e Controle de Manutenção (PCM)

Atualizado em: 25 de janeiro de 2021 às 9:11

O Planejamento e Controle de Manutenção (PCM) é uma parte importante do trabalho de qualquer indústria.

É nessa área que estão alocados os esforços de monitoramento e gestão dos equipamentos.

Ou seja, ela é responsável por ações para que a produção não precise parar em decorrência de defeitos no maquinário.

Neste texto, vamos trazer tudo sobre o PCM, conhecer seus diferentes tipos e as vantagens de colocar a estratégia em prática.

Acompanhe!

O que é PCM?

Descrevemos como Planejamento e Controle de Manutenção todas aquelas atividades que, dentro de uma empresa, são realizadas com foco em diminuir os eventos de pausa causados por defeitos no maquinário.

Uma rotina de revisões constantes é, então, criada para garantir que nenhum problema de ordem técnica seja um gargalo para a produção, assegurando a continuidade dos trabalhos.

Em negócios modernos, o PCM ganha muito com o uso de ferramentas comuns ao Lean e ao Six Sigma, como é o caso do Gerenciamento Produtivo Total – em inglês, Total Productive Management (TPM).

Ao longo dos anos, a metodologia evoluiu e se tornou importante dentro do contexto industrial e corporativo.

Hoje, o Planejamento e Controle de Manutenção é um dos principais caminhos para evitar desperdícios e reduzir os custos da produção.

Quais são os tipos de manutenção?

Quando falamos em manutenção, logo vem à mente atividades de reparo e conserto de defeitos para retomar o funcionamento adequado de um sistema ou máquina.

De fato, parte do PCM está em corrigir erros, mas isso não descreve o todo das suas atividades.

Conheça, a seguir, os três tipos de manutenção e suas aplicações dentro de uma indústria.

Manutenção corretiva

A manutenção corretiva corresponde à principal imagem que temos dessa atividade: um profissional técnico trabalhando para resolver um problema que foi detectado.

Ela acontece, então, sempre que há alguma anomalia no funcionamento de um equipamento ou ferramenta.

Esse tipo de manutenção pode ser acionado quando a produção precisa ser paralisada ou, ainda, caso haja uma perda na capacidade produtiva original.

Manutenção preventiva

Nenhuma empresa ganha ao paralisar seu trabalho por conta de defeitos no maquinário.

Então, para evitar esse tipo de ocorrência, existe a manutenção preventiva.

Nesses casos, o PCM entra em ação antes que qualquer indício de erro apareça, criando uma rotina de monitoramento periódico para prevenir falhas.

A manutenção preventiva não foca só na produtividade, mas busca garantir também a segurança dos trabalhadores ao evitar que acidentes aconteçam.

Operário realizando manutenção preventiva na máquina da sua empresa

Manutenção preditiva

O terceiro tipo combina técnicas corretivas e preventivas para assegurar o bom funcionamento das máquinas e dos sistemas.

Chamamos de manutenção preditiva aquela que é feita com base no monitoramento dos resultados para identificar momentos em que o equipamento está prestes a apresentar o defeito.

A intenção aqui é agir cirurgicamente para identificar e consertar erros antes que eles se transformem em problemas ou em acidentes mais graves.

Quais são os principais objetivos do PCM?

Como vimos até aqui, o Planejamento e Controle de Manutenção tem como objetivo principal garantir a continuidade da produção sem gargalos.

Isso é feito por meio do monitoramento constante e estratégico do desempenho dos sistemas e do maquinário.

O uso eficiente do equipamento evita que a produção precise ser paralisada, o que significaria uma perda financeira para a companhia.

Certificar o bom funcionamento dos componentes passa ainda pela segurança, que também é um dos objetivos do PCM.

Ao atestar que as máquinas estão com a manutenção em dia, a organização garante um ambiente mais seguro para o profissional, que pode trabalhar sem o risco de acidentes.

Assim, podemos dizer que os objetivos do Planejamento e Controle de Manutenção estão especialmente pautados na eficiência, continuidade da produção e segurança do trabalhador.

Quais são os principais benefícios do PCM?

Quem investe em uma estratégia de manutenção tem diversas vantagens para seus negócios, que podem ser observadas em vários graus.

Isso porque o PCM age de maneira ampla para garantir altos níveis de produtividade com segurança para as atividades.

Confira, abaixo, três dos principais benefícios do Planejamento e Controle de Manutenção.

Menos desperdício

O primeiro ponto positivo que podemos citar, com certeza, é a diminuição nos números de desperdício.

Sempre que um erro passa despercebido, ele gera prejuízos com a fabricação de peças inadequadas que não podem ser comercializadas.

Ao investir na manutenção corretiva, preventiva e preditiva, a empresa garante que a produção continue sem gargalos ou solavancos.

Redução de custo

Conforme você diminui os eventos de paralisação por conta de defeitos, os custos da manufatura também tendem a cair.

Primeiro porque, ao eliminar as pausas, você acaba com o desperdício de ter profissionais na empresa que estão impedidos de trabalhar por entraves técnicos.

E, no caso de anomalias na produção, o PCM atua também no sentido de evitar que produtos defeituosos sejam fabricados – o que seria um desperdício.

Maior autonomia

A última vantagem que podemos citar sobre o Planejamento e Controle de Manutenção é que esse método garante maior autonomia para a empresa.

A ideia aqui é construir fluxos em que o monitoramento das máquinas seja constante para que os problemas sejam solucionados tão logo sejam detectados.

Ao implantar o PCM, a produção não fica refém de assistências técnicas terceirizadas, que podem demorar horas ou dias para consertar um equipamento.

Como funciona o Planejamento e Controle de Manutenção na prática?

Você já deve ter percebido que, no cotidiano da produção, o PCM tem um papel fundamental para garantir a continuidade dos trabalhos.

Um exemplo clássico disso é o caso da Heineken e suas impressoras 3D.

Localizada em Sevilha, na Espanha, a fábrica de cervejas decidiu investir ostensivamente no Planejamento e Controle de Manutenção.

Para isso, optou por trazer para dentro da companhia a produção de peças e componentes das suas máquinas por meio da impressão 3D.

Ainda nos primeiros testes, a empresa já observou uma redução de custos de 70% a 90%.

O tempo de espera por novos componentes também foi reduzido drasticamente – em alguns casos, ficando 90% menor.

Veja em detalhes como funciona este processo de PCM com impressão na fábrica da Heineken lendo mais sobre esta história.

Peça impressa em 3D na Heineken para manutenção das máquinas

Conclusão

Com o Planejamento e Controle de Manutenção, empresas dos mais diversos segmentos podem apostar na prevenção como forma de assegurar melhores resultados.

Além de evitar paralisações desnecessárias no fluxo de trabalho, o PCM garante mais segurança para os funcionários e eficiência para os processos.

Quer saber mais sobre como a impressão 3D pode otimizar seus resultados?

Então, continue acompanhando o nosso blog.

E na hora de escolher e comprar seu equipamento, conte com a Wishbox!

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados