Acabamento em peças 3D: 11 dicas simples e práticas

Atualizado em: 21 de outubro de 2020 às 17:46

O acabamento em peças 3D é extremamente importante para alcançar os melhores resultados possíveis em seu projeto.

Se a peça em questão tiver finalidade decorativa ou for o protótipo de um produto, dar atenção ao seu visual faz toda a diferença.

A boa notícia é que há diversas as técnicas de finalização, que variam conforme o material utilizado por sua impressora.

Com algumas dicas simples e práticas, você verá como é possível ter resultados incríveis em sua impressão 3D.

Acompanhe tudo neste texto!

Por que o acabamento em peças 3D é importante?

Como você já deve saber, as peças feitas em impressoras 3D são construídas por sobreposição de camadas, de baixo para cima.

Esse processo faz com que pequenos “degraus” possam ficar visíveis no resultado final.

Uma forma de evitar esse efeito característico, é reduzindo a altura das camadas nas configurações do seu slicer – tal ajuste, porém, aumenta consideravelmente o tempo de impressão.

Outra maneira de alcançar o visual perfeito em suas peças é por meio dos métodos de acabamento.

Além de gerar uma superfície mais lisa, os processos pós-impressão muitas vezes podem até garantir a durabilidade do objeto por vários anos.

acabamento em pecas 3d acetona
Comparando o acabamento em peças 3D vs. peças que não foram pós-processadas

8 dicas para fazer acabamentos incríveis em peças 3D

Confira, abaixo, nossas dicas para ter um acabamento incrível em suas peças feitas na impressora 3D.

1. Remoção de Suportes

Construído de baixo para cima, o objeto feito com a tecnologia de impressão 3D pode precisar da impressão de hastes de suporte para dar sustentação à certas partes da peça durante o processo.

Ainda que sejam essenciais, esses suportes devem ser destacados – quebrados ou cortados – ao fim da impressão, tomando cuidado para não acabar quebrando estruturas da peça principal.

Peça impressa em 3D com estruturas de suporte que podem ser removidas com alicate facilmente

2. Como pintar

Se você tem dúvidas sobre como pintar peças feitas na sua impressora 3D, vai ver que esse processo não é tão complicado assim.

A pintura pode ser um passo fundamental do acabamento se o objetivo da sua peça também é o aspecto visual.

É o que garante a “cara final” do objeto que você está produzindo.

  1. Lixamento pré primer
  2. Primer + lixar + primer (algumas vezes até suavizar)
  3. Pintura com spray ou com pistola de ar comprimido

Para ter bons resultados, posicione a peça em um suporte estável e utilize tinta spray, ou pistola ar comprimido, para conseguir alcançar todos os cantos.

Leia também: Empresa cria miniaturas de carros perfeitas com impressão 3D

Fazendo o acabamento em peça 3D usando tinta spray

3. Primer para acabamento

O primer é um material utilizado antes da pintura para garantir um acabamento uniforme.

Ele funciona como uma tinta de cor neutra, que pode vir em forma líquida ou em embalagens aerossol – outra vez, o spray pode ser uma solução mais fácil e eficaz.

Com o primer, você tem como pintar PLA e outros materiais utilizados pela impressora.

Leia também: Como o Galo Frito usou primer e pintura para o acabamento de suas máscaras impressas em 3D

4. Como lixar

Para lixar o seu objeto, é recomendado fazer movimentos circulares e com pressão moderada e ir trocando para lixas mais delicadas conforme você se aproxima do resultado final.

Durante o processo, é muito importante utilizar luvas e óculos de proteção.

5. Como criar efeito de brilho

O verniz é a demão final utilizada para dar acabamento em sua peça 3D.

Esse revestimento tem função estética, mas serve também para adicionar uma camada extra na finalização do objeto, protegendo-o da ação de elementos externos.

6. Como criar efeito de fosco

Da mesma forma que o verniz tradicional pode ser utilizado para dar brilho, existem no mercado versões capazes de conferir um acabamento fosco depois de secos.

Assim, você pode optar entre ter um resultado final com brilho, semibrilho ou fosco.

07. Acabamento com vapor

O acabamento com vapor é uma alternativa ao polimento manual, que pode não ter os melhores resultados em determinados materiais.

Para esse processo, é utilizado um líquido solvente que será posto junto ao objeto em um recipiente fechado.

No caso do ABS se usa Acetona; No caso do PLA se usa clorofórmio. Dão à peça um aspecto brilhoso, mas pode ocultar alguns detalhes. (ex.: foto abaixo)

Ao ser levemente aquecido, o líquido é vaporizado e interage com a superfície da peça para retirar as rebarbas e hastes desnecessárias.

Diferença entre o acabamento em peça sem acabamento com vapor vs. com acabamento com vapor

08. Como reforçar a resistência das peças

Todos os processos de acabamento existem no sentido de melhorar a aparência e a durabilidade das peças impressas com a tecnologia 3D.

No entanto, se mesmo seguindo todas as nossas dicas acima, você se deparar contratempos com a resistência dos seus objetos, isso precisa ser estudado.

Pode ser que o seu problema seja estrutural e, nesse caso, configurações otimizadas no software de fatiamento ou retrabalho do projeto poderão ser exigidos.

Clique aqui e faça o download gratuito do Guia Modelagem para Impressão 3D.

Quais cuidados tomar ao fazer acabamento em peças 3D?

Na hora de fazer o acabamento das suas peças 3D, existem alguns cuidados específicos que devem ser tomados no uso de cada material.

Confira nossas dicas!

ABS e o acabamento

O ABS é um material que reage bem ao polimento com lixa

Essa versatilidade deve ser também um ponto de atenção para não aplicar pressão demais na hora de fazer a finalização e desgastar demais a sua peça.

Cuidados no acabamento com vapor

As peças não podem ficar expostas por muito tempo ao vapor, sob risco de deformação.

Além disso, lembre que estamos tratando com um produto inflamável, que apresenta seus riscos e não pode ser inalado.

Trabalhe na peça em um local aberto e arejado.

Uso de EPI

Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) não podem ser dispensados ao trabalhar no acabamento das peças.

Afinal, você estará utilizando materiais como estilete e alicate, além de estar exposto a agentes como poeira e produtos químicos.

Então, faça uso de óculos, máscara e luva.

Conclusão

Hoje em dia, são diversas as técnicas utilizadas para dar acabamento em peças produzidas em impressora 3D.

Dependendo do material e também do seu propósito, é possível variar a cor, o brilho e conferir uma camada de proteção extra que fará com que o objeto dure por muitos anos nas mãos do cliente.

Então, aplique as nossas dicas em sua produção e garanta ótimos resultados!

Inscreva-se na nossa Newsletter

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados