Wishbox Technologies

As Principais Tendências da impressão 3D

2021 ficou para trás, e este novo ano de 2022 está vindo com grandes novidades dentro do universo da impressão 3D.

Leia até o final e descubra o quanto essa tecnologia evoluiu neste ano de 2021.

Fabricação Digital

A produção digital sob demanda é uma das principais tendências para a impressão 3D em 2022. A relação entre software, impressão 3D e hardware de produção está cada vez mais próxima, com barreiras caindo feito dominós. 

Os fluxos de trabalho se tornarão cada vez mais contínuos, não apenas nas linhas de produção, mas em toda a cadeia de suprimentos e novas áreas de aplicação. 

Nos últimos anos, a indústria trabalhou duramente para demonstrar que isso pode ser alcançado mantendo a proteção da propriedade intelectual, garantindo a qualidade da produção e mitigando os riscos de segurança cibernética. 

Os benefícios são claros e a adoção de fluxos de trabalho digitais de ponta a ponta já está permitindo o armazenamento digital e a produção sob demanda de peças de reposição. 

Isso permitirá que as empresas reduzam drasticamente os custos associados às suas operações de pós-venda, ao mesmo tempo em que criam novos negócios focados no fornecimento de peças e serviços fabricados localmente para uma série de produtos industriais e de consumo.

Para os fabricantes que estão mudando para a impressão 3D, ela oferece novas e empolgantes oportunidades de negócios, como a produção de peças sob demanda no mercado de reposição.

Novos Materiais de Filamento

Novos materiais estão chegando a todo momento em nosso setor. Onde historicamente houve foco na resistência, consistência de produção e suporte a uma ampla gama de aplicações de polímeros e metais, a sustentabilidade é agora a força principal para a inovação.

Novos materiais de filamento são uma das principais tendências da impressão 3D em 2022 e já estão trazendo eficiências de produção em termos de quantidade de material necessária para uma aplicação ou etapas de produção que exigem menos energia.

Os chamados materiais de engenharia para impressão 3D, compostos por polímeros de alto desempenho e/ou polímeros compostos com outros materiais, como Fibra de Carbono, Fibra de Vidro ou até aço inox, estão ampliando as possibilidades com uma impressora 3D de filamento.

Isso, juntamente com a reciclagem de materiais aprimorados e produtos acabados, ajudará as empresas a atingirem suas metas de sustentabilidade e apoiarão o impulso global para um mundo mais sustentável.

É claro que é difícil prever o ritmo em que cada uma dessas tendências se acelerará, mas cada uma delas já está além do estágio inicial, e essa área de fabricação está acelerando mais rápido do que qualquer outra.

Melhor aplicação de dados

A Manufatura Aditiva é uma indústria que abraçou o mundo digital, possibilitando fluxos de trabalho totalmente digitais, desde a tela do projeto até o produto final. Isso está trazendo grandes eficiências, mas big data e análises serão a tecnologia que ajudará a torná-la ainda mais produtiva em todo o mundo. 

Da mesma forma que o big data, combinado com tecnologias como inteligência artificial e machine learning, permitiu que as máquinas identificassem padrões e proponham soluções, muito mais rápido do que qualquer humano poderia peneirar dados. 

Podemos esperar as mesmas vantagens se tornarem comuns na fabricação digital.

A inteligência de dados terá um papel cada vez mais crucial na impressão 3D. Como parte disso, precisamos pensar na propriedade dos dados, mas também nos perguntar: quem controla os dados? 

No final, o sucesso da impressão 3D depende de ter o hardware e software corretos para a sua demanda, mas também de nossa capacidade de capturar, usar e aplicar dados para criar insights úteis.

A inteligência de dados é a chave para transformar a produção industrial de impressão 3D. À medida que os fabricantes aumentam a produção, os dados inteligentes permitirão que eles prevejam falhas antes mesmo de começar a imprimir e atendam aos rigorosos requisitos de qualidade.

 

Impressão 3D de grande escala 

Não faltaram projetos de impressão 3D em 2021 focados em usar a tecnologia para fabricar produtos e equipamentos maiores que o convencional. 

Na Austrália, uma empresa chamada AML3D usou uma técnica baseada em deposição direta de energia (DED) para imprimir em 3D um “Panama Chock”, um acessório usado para guiar uma linha de amarração em um navio.

Em Amsterdã, a empresa de robótica holandesa MX3D 3D imprimiu uma ponte de 12 metros de comprimento em aço inoxidável. Essa tarefa monumental foi alcançada usando técnicas de manufatura aditiva por deposição a arco, realizadas por braços robóticos de seis eixos.

 O uso da tecnologia de impressão 3D para construir uma ponte tornou o produto final significativamente mais leve em comparação com as pontes construídas por métodos tradicionais.

Considerando as muitas impressoras 3D industriais de grande escala que estão sendo desenvolvidas hoje, fica claro que essa tendência continuará em 2022.

Isso vale para quase todos os tipos de impressão 3D – seja usando metal, plástico ou resina fotopolimérica. Das três, a impressão 3D de metal em larga escala é percebida como tendo potencial para o maior crescimento comercial, com um valor estimado de US$ 739 milhões até 2026.

 

Ecossistemas de fabricação automatizados

A automação completa o fluxo de trabalho digital que é possível com a manufatura aditiva de polímeros.

Ecossistemas de fabricação automatizadas, que exigem um baixo nível de interação humana, incluindo acabamento de peças, reduzirão drasticamente o custo da impressão, garantindo um alto nível de repetibilidade e consistência de qualidade.

Novas oportunidades de mercado se abrirão à medida que os fabricantes contratados forem capazes de produzir rapidamente pedidos de peças ad-hoc, com os quais não têm experiência anterior. 

Exemplos disso é o software da startup Israelense, CASTOR, que desenvolveu uma solução para ajudar os fabricantes a reduzir seus prazos de entrega e custos de fabricação em impressão 3D. 

Com o software CASTOR os usuários podem analisar e determinar a capacidade de impressão de uma peça, escolher a tecnologia e o material corretos e recuperar dados em tempo real sobre o desempenho das peças impressas. 

Outras soluções vem justamente  para automatizar parte de remoção do suporte que é normalmente o primeiro estágio do pós-processamento para qualquer tecnologia de impressão 3D.

O suporte geralmente pode ser separado em 2 categorias; padrão e solúvel. Materiais de suporte, como PVA (usado com PLA) e HydroFill (PLA e ABS), simplesmente se dissolvem em água pura, o que já facilita bastante esta etapa de acabamento de peças.


Mas esse fluxo de trabalho agora pode ser otimizado com estações de remoção automática de suporte, como a recém lançada PVA Removal Station, que permite um pós-processamento de peças quatro vezes mais rápido.

O PVA Removal Station da Ultimaker permite que usuários de impressoras 3D desenvolvam produtos mais rapidamente, permitindo a remoção rápida e eficaz do material de suporte


Pela facilidade, essas soluções prometem ser uma tendência que se espalhará pelo mercado.

Conclusão

A impressão 3D é inevitável, e o ano de 2022 consolidará ainda mais essa tecnologia dentro da indústria. A tecnologia está evoluindo, e com isso a maneira de se trabalhar na indústria também muda, com cada vez mais espaço para a criatividade utilizando a impressão 3D.

Quer se antecipar à concorrência e descobrir novas tendências ainda mais incríveis para o universo da impressão 3D?

Baixe o nosso e-book gratuito agora mesmo, e veja novas tendências e previsões para a manufatura aditiva

Tendências de mercado – Impressora 3D: O que esperar em 2020?

O mercado global de impressão em 3D deve crescer para US$ 17,2 bilhões até o final de 2020, com uma taxa de crescimento anual composta de 25%.

Gráfico da taxa de crescimento do mercado da impressão 3D (Fonte: Wholers Report)

Graças à benefícios como personalização em massa, redução de desperdícios e maior velocidade ao mercado (time-to-market), a cada dia a manufatura aditiva atinge novos setores e mais entusiastas da tecnologia.

A manufatura aditiva está passando de uma tecnologia somente de prototipagem para muito provavelmente uma tecnologia de personalização em massa.

A tendência da impressão 3D para produção industrial está ganhando força, com diversas empresas usando a impressão 3D para produção de ítens para uso final.

Por último, mas não menos importante, o desenvolvimento de novos materiais continua a ser uma grande tendência, pois permitem aplicações que não podiam ser alcançados antes.

Confira nossa seleção abaixo para acompanhar as inovações!

Impressão 3D de concreto

Já faz algum tempo que vemos a manufatura aditiva na área da construção civil indo além de maquetes impressas em 3D.

Desde meados de 2014 já acompanhamos alguns esforços no desenvolvimento de impressoras 3D de concreto, embora nada ou quase nada tenha chegado ao mercado final.

Com o aumento dos holofotes direcionados à infraestrutura impressa em 3D, o concreto impresso em 3D está, sem dúvida, desempenhando um papel enorme nessa revolução, e deve ser um dos destaques em 2020.

De acordo com um relatório de construção da Visiongain, dados de 2019 mostram que o mercado de impressão em concreto 3D vale atualmente US$ 27,8 milhões.

Além disso, outras pesquisas sugerem que esse número deve subir para 56,4 milhões de dólares até 2021.

Impressoras 3D de metal

As tecnologias de impressão 3D de metal também mostram que estão evoluindo, se tornando mais eficientes e com maior oferta no mercado.

Assim como as impressão 3D de polímeros já foi dominada por poucos players, a impressão 3D de metal começa a ser disponibilizada por mais fabricantes no mercado.

Com uma maior oferta, naturalmente surgem melhores preços (mesmo que ainda sejam altos demais para a maioria das empresas), a tendência é que a tecnologia comece a se tornar mais acessível.

Algumas empresas nesse ramo, como a Desktop Metal já estão trabalhando para trazer a impressão de metal para o desktop, tornando a tecnologia mais compacta e acessível.

Peça impressa por uma impressora 3D de metal desktop (Fonte: Desktop Metal)

Polímeros compósitos

À parte dos metais e do concreto, vemos que polímeros também continuam a ganhar destaque como forte tendência no universo da manufatura aditiva.

Já temos termoplásticos, resinas e filamentos de alta performance, como o Polipropileno, carga de fibra de carbono e fibra de vidro, PETG e materiais anti-estática, que estão ficando mais populares e prometem alavancar em 2020!

Prova disso é que este ano a Ultimaker Material Alliance foi destaque na feira “Formnext 2019” – a principal feira para a indústria de plásticos e borracha – onde as principais empresas de materiais do mundo apresentaram materiais desenvolvidos para manufatura aditiva em impressoras 3D desktop

Tendências de Mercado: Ferramentas e peças de reposição

Empresas como Heineken e Thyssenkrupp Elevadores já utilizam impressoras 3D para fabricação de peças de reposição para linha de produção, aqui no Brasil, evitando os altos custos de importação.

Para você ter idéia, a Heineken conseguiu atingir uma redução de custos em 70 a 90% e também uma redução no tempo de entrega de 70 a 90% graças a utilização de impressoras 3D.

Com a tecnologia de impressão 3D hoje muito mais acessível, empresas de médio e pequeno também podem se beneficiar dessas aplicações.

Confira o vídeo e veja como essa aplicação promete ser eficiente:

Em resumo

Existe um interesse crescente e inegável no potencial da impressão 3D e essa curiosidade serve apenas para impulsionar ainda mais a inovação do setor.

Em 2020, as tecnologias de fabricação aditiva continuarão a crescer e se adaptar, enquanto a demanda de engenheiros e consumidores aumenta.

Se você curtiu esse conteúdo, pode ver ainda mais vídeos de impressão 3D em nosso canal no Youtube.

Alguma tendência que perdemos? Deixe suas previsões abaixo!

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

RECOMENDADOS PARA VOCê

Todos os posts já foram carregados.
Nenhum artigo encontrado.

Preencha seus dados

Prometemos que será rápido!

Em breve você receberá uma ligação de um especialista para entender sua necessidade e tirar todas as suas dúvidas sobre o produto selecionado.

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Preencha seus dados para se inscrever na nossa newsletter

Preencha seus dados e receba
o contato de um especialista

Prometemos que será rápido!

ESTAMOS DE CARA NOVA

REFORMULAÇÃO DO SITE

IDENTIDADE VISUAL

NOVOS PRODUTOS

Entraremos em contato

Preencha seus dados para falar diretamente com a pessoa certa.

Preencha seus dados

Prometemos que será rápido!

Em breve você receberá uma ligação de um especialista para entender sua necessidade e tirar todas as suas dúvidas sobre o produto selecionado.

Preencha seus dados

Preencha seus dados