O Que é CAD e Como Escolher o Melhor Para Seu Projeto

Atualizado em: 25 de setembro de 2020 às 8:28

Saber o que é CAD é fundamental para escolher entre centenas de softwares para modelagem 3D.

Afinal, você precisa entender qual possui os recursos necessários para entregar o melhor resultado ao seu projeto, não é mesmo?

Então, para ficar por dentro do assunto, vamos explicar neste texto o que é CAD, como funciona e quais são os 11 melhores softwares CAD para engenheiros e designers.

Acompanhe!

O que é CAD?

Os softwares CAD (do inglês Computer Aided Design), permitem que engenheiros e projetistas criem modelos realistas de peças e montagens.

Através desses softwares, são feitos desenhos técnicos e modelos 3D digitais, facilitando a posterior concepção do projeto.

Para que serve o CAD?

Esses modelos digitais podem ser fabricados por meio de impressoras 3D, ou usinagem CNC, chegando rapidamente a uma forma física, idêntica à digital.

Os softwares CAD também podem ser usados para executar simulações no ambiente virtual.

Alguns softwares de modelagem 3D possuem ampla gama de parâmetros que simulam resistência à força ou à temperatura, antes que qualquer modelo físico tenha sido criado, permitindo um fluxo de trabalho muito mais rápido e mais barato.

História dos softwares CAD

O “ano zero” dos softwares CAD é 1957, quando o pesquisador Patrick Hanratty desenvolveu o Pronto.

Ele ficou conhecido como o primeiro CNC, ou sistema comercial de controle numérico.

Não tardou muito para o então novo sistema rapidamente caísse no gosto dos profissionais de arquitetura e engenharia, além da indústria manufatureira.

Afinal, o CAD é até hoje uma das ferramentas mais utilizadas em projetos arquitetônicos, em incontáveis segmentos da indústria e até no design de interiores.

Em 1960, surgiria o primeiro software CAD para PC de que se tem notícia, o Sketchpad.

Ele foi desenvolvido por Ivan Sutherland como parte da sua tese de doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Depois dele, seriam lançadas por diversos outros pesquisadores e programadores diferentes versões do CAD (ADAM, IGES, AutoCAD, entre outros), até chegarmos aos modernos softwares atuais.

Técnicas de Modelagem 3D

São três as principais técnicas de modelagem 3D.

Conheça seus detalhes!

Modelagem Sólida

A modelagem sólida cria modelos 3D sólidos como se fossem peças reais, com a lógica do processo e fluxo de trabalho que seriam usados ​​na sua fabricação.

Alguns desses processos incluem operações de extrusão, perfuração e rosqueamento.

Os modelos sólidos podem transpor, unir e subtrair objetos uns dos outros para criar a peça desejada.

Outra vantagem da modelagem de sólidos é que ela é geralmente paramétrica, o que significa que as alterações ou parâmetros são salvos em cada estágio dos processos de modelagem, e podem ser editados a qualquer momento durante sua projeção.

Isso é muito útil, pois permite que os recursos do modelo sejam rapidamente modificados sem a necessidade de criar a peça do zero.

A modelagem de peças para encaixes também é um estágio importante na modelagem de sólidos, permitindo que peças individuais sejam criadas juntas e formando modelos complexos.

Componentes padrão, como fixadores ou rolamentos, podem ser baixados diretamente dos fabricantes nesses projetos.

Os elementos de movimento também podem ser aplicados à montagens, permitindo análises detalhadas de movimento para avaliar o desempenho mecânico do projeto.

cad modelagem solida

Modelagem de Superfície

A modelagem de superfície é geralmente usada para as características estéticas de um produto.

Dessa forma, é mais fácil criar geometrias orgânicas e de forma livre usando esse tipo de software CAD. Isso permite maior liberdade de modelagem à peça, sem depender de valores métricos pré-definidos, e funcionam como uma espécie de “argila digital”.

Como o próprio nome diz, a modelagem de superfície é feita apenas na superfícies da peça, sem editar seu interior.

No entanto, por mais que a peça tenha superfícies ocas, elas poderão ser preenchidas para serem usadas para impressão 3D ou CNC.

Ao desenvolver projetos usando modelagem de superfície, pode ser difícil voltar atrás e fazer alterações porque geralmente não é paramétrico.

Cada tipo de software de modelagem tem suas vantagens e desvantagens, e dependendo do tipo de projeto que está sendo produzido isso precisa ser considerado!

Algumas vezes, é necessário usar modelagem sólida e de superfície para combinar os benefícios de cada um.

cad modelagem de superficie

Modelagem orgânica

A modelagem orgânica ou “sculpting”, é usada principalmente para criar superfícies de forma livre com detalhes personalizados, como personagens, jóias ou formas orgânicas encontradas na natureza, como árvores ou formações rochosas.

Os pacotes de software CAD como o ZBrush, da Pixologic, ou o Mudbox, da Autodesk, foram criados tendo em mente a escultura clássica.

Eles permitem que escultores digitais manipulem uma esfera simulada de argila e usem um tablet ou monitor de pressão sensível para esculpir.

São utilizados objetos como pinceis como ferramentas, movendo, adicionando ou removend

o material de seu objeto.

Usando essas ferramentas, os artistas criam esculturas que consistem em dezenas de milhões de polígonos que capturam todos os detalhes minuciosos do rosto de um personagem para que eles ganhem vida em grandiosas produções audiovisuais.

cad modelagem organica zbrush

Como escolher o software CAD ideal para seu negócio

Escolher um software CAD/CAM não é uma tarefa simples, mas também não precisa ser um processo problemático.

Primeiramente, você precisa considerar algumas limitações e ajustes em sua própria infraestrutura e, a partir disso, “peneirar” o mercado em busca da melhor solução.

Dessa forma, dê preferência a softwares que:

  • Sejam mais simples de utilizar
  • Permitam reduzir gastos permitindo, por exemplo, trabalhar com menos perfurações
  • Gerem economia de materiais e insumos
  • Sejam adaptáveis aos equipamentos que sua empresa já tem
  • Você saiba que tipo de peça ele pode projetar e fabricar
  • Tenha suporte no pós-venda
  • Sejam customizáveis.

11 Opções de softwares CAD para você escolher

Existe uma ampla gama de softwares CAD com diferentes pacotes disponíveis, que atendem diferentes setores dependendo das suas especificações.

Veja abaixo quais são os 11 softwares CAD mais utilizados:

1 – Solidworks

Software padrão do setor de engenharia, usado para modelagem de peças e montagens. Inclui recursos de simulação, bem como ferramentas de desenho e montagem.

Tipo de arquivo: .sldprt .sldasmslddrw.

2 – AutoCAD

O Autodesk AutoCAD, é um pacote de software CAD 2D e 3D.

É usado por uma ampla gama de indústrias, arquitetos, gerentes de projeto, engenheiros, designers gráficos e muitos outros profissionais.

Tipo de arquivo: .dwt .dwg.

3 – Inventor

O software Inventor tem recursos muito semelhantes ao SolidWorks, com design mecânico 3D profissional, ferramentas de desenho e ferramentas de simulação de produtos.

Tipo de arquivo: .ipt .iam .idw.

4 – Fusion 360

O Autodesk Fusion 360 é popular entre engenheiros, designers e educadores.

É semelhante ao Solidworks, com a adição de ferramentas de fabricação integradas e ferramentas de escultura.

Ele também é gratuito para estudantes, entusiastas, amadores e startups.

Tipo de arquivo: .f3d.

5 – SketchUp

O Sketchup é um software de entrada fácil de usar e com recursos mais básicos.

Usado principalmente para aplicações como modelos arquitetônicos e design de interiores.

Tipo de arquivo: .skp.

6 – Solid Edge

O Solid Edge oferece modelagem sólida, de montagem e funcionalidades 2D para projetistas mecânicos.

O Solid Edge é um concorrente direto do SolidWorks, PTC Creo e Autodesk Inventor.

Tipo de arquivo: .prt .asm.

7 – Rhinoceros

O software Rhinoceros é multiuso, de modelagem de superficial e forma livre para engenharia, arquitetura e design de joias.

Tipo de arquivo: .3dm.

8 – ZBrush

O ZBrush é uma ferramenta de escultura digital que combina modelagem 3D, 2D, texturização e pintura.

A principal diferença entre o ZBrush e os pacotes de modelagem tradicionais é que é mais relacionado com escultura.

Tipo de arquivo: .obj.

9 – 3ds Max

O Autodesk 3ds Max é um programa profissional de computação gráfica 3D para fazer animações, modelos, jogos e imagens em 3D.

Tipo de arquivo: .3ds .max.

10 – V-RAY

Muito utilizado por profissionais de cinema e de audiovisual, o V-RAY é um produto da Chaos Group, que o comercializa como um plugin para softwares como o Sketchup, Maya, 3D Studio Max e Cinema 4D.

Tipo de arquivo: .vrmesh

11 – ZWCAD

Embora permita trabalhar em 3D, o ZWCAD é, essencialmente, um software para modelagem bidimensional.

É muito usado em projetos de arquitetura, engenharia e projetistas de redes de eletricidade e gás.

Tipo de arquivo: dwg.

Quais as maiores diferenças entre os softwares CAD?

Pelo que você viu até agora, já deve ter reparado que há softwares CAD específicos para cada área.

Assim, profissionais de arquitetura podem encontrar mais recursos úteis no ZWCAD do que no V-RAY, por exemplo.

De qualquer forma, o que deve ser conhecido por todos que pretendem trabalhar com CAD é que eles se diferenciam, basicamente, por trabalharem em 2D ou 3D.

Por sua vez, os softwares em 3D são categorizados em Non Uniform Rational Basis Spline (NURBS) ou polígonos.

Contudo, em alguns softwares, pode ser feito o intercâmbio de um modelo bidimensional para tridimensional e vice-versa.

Que profissionais usam software CAD?

Agora, vamos falar sobre algumas das áreas que utilizam softwares CAD em seus projetos.

As mais destacadas delas são:

  • Desenhistas industriais
  • Profissionais de cinema, audiovisual e games
  • Designers de interiores
  • Paisagistas e urbanistas
  • Arquitetos
  • Engenheiros civis
  • Tecnólogos em edificações
  • Engenheiros mecânicos
  • Profissionais no ramo de geologia e topografia
  • Engenheiros sanitaristas.

O mercado profissional cadista

A crescente tendência de incorporar técnicas de fabricação digital nas indústrias mostra que o mercado cadista está em expansão.

Para você ter ideia, uma pesquisa realizada pela Sculpteo, apontou que entre as empresas que estão em busca de candidatos qualificados em formação técnica, 37% planejam contratar projetistas, enquanto apenas 23% planejam contratar operadores.

Dessa forma, observamos que o ramo da modelagem 3D tende à crescer fortemente nos próximos anos.

Os softwares CAD são uma ferramenta essencial aos profissionais de animação gráfica, engenharia, design, arquitetura, e mais.

Quanto para a manufatura digital, em especial com o crescimento das tecnologias de impressão 3D, ainda há espaço de atuação para cadistas em diversos setores.

Em entrevista com Pedro Accioly, instrutor, especialista em modelagem 3D e fundador da MakerFactory, ele cita a importância da qualificação em CAD no mercado atual.

“A fabricação interna de novos produtos na indústria brasileira se tornou mais comum, isso significa uma maior incorporação dos processos de desenvolvimento dentro das próprias empresas. Então, hoje é notável a necessidade de profissionais especializados na área de desenvolvimento de projetos, para cadistas e também na área de manufatura aditiva”

Do software CAD para a impressora 3D

Agora que você entendeu como funcionam os softwares CAD e o leque de oportunidades que essa ferramenta proporciona, resumimos em alguns passos como você pode preparar seu projeto CAD para impressão 3D:

  • 1º Passo: Para projetar um objeto tridimensional, você precisa ter em mente qual seu objetivo e a partir disso, escolher o tipo de software para a modelagem, conforme falamos anteriormente.
  • 2º Passo: Depois da escolha do tipo de softwares CAD que você usará, execute o trabalho de modelagem da sua peça até chegar ao projeto final em 3D. Nessa etapa, é importante estar atento aos requisitos específicos da tecnologia de impressão 3D que será usada. Nosso E-book modelando para impressão 3D FFF trata das principais dicas nessa etapa.
  • 3º Passo: Exporte o arquivo final do software CAD em formato compatível com impressoras 3D. Todos os softwares CAD mostrados na tabela podem ser salvos em .STL ou .OBJ para impressão 3D ou .STEP e .IGES para usinagem CNC.
  • 4º Passo: Abra seu projeto em um software slicer (de fatiamento da peça). A partir daí, modifique as configurações da sua impressora 3D, como posicionamento da peça na mesa de impressão, ângulo em que a peça será impressa, material que será utilizado, e mais.
  • 5º Passo: Depois que as configurações estiverem concluídas, é só colocar a impressora 3D para funcionar e deixar que ela faça o seu trabalho.

Conclusão

O universo dos softwares CAD é mesmo fascinante, não? Essa é uma área de trabalho extremamente rica e promissora, e, por isso, com muita concorrência.

Sendo assim, nossa dica final é para que você se mantenha muito bem informado e atualizado sobre os últimos lançamentos.

Nós, da Wishbox Technologies, sabemos o quanto é essencial ter conhecimento em softwares CAD, para você obter sucesso em seus projetos.

Lembre-se, quanto mais você entende sobre o assunto, mais você se destaca em seu trabalho, então, procure se especializar!

Fique atento também em sempre se informar com especialistas, que possuam experiência e trabalham em consultoria personalizada, dessa forma, não importa o seu ramo, você sempre será bem atendido e apresentará os melhores resultados!

DICA: Se você tem interesse em aperfeiçoar suas habilidades em modelagem, nós indicamos o canal do Daniel Severino no Youtube para capacitação gratuita em modelagem 3D!

Quer saber mais dicas para modelar seus projetos 3D? Receba agora nosso Guia de modelagem para impressão 3D FFF.

E não esqueça também de assinar nossa newsletter para ficar por dentro do universo da manufatura aditiva.

Compartilhe!

Comentários:

  1. SOU MÉDICOO ORTOPEDISTA EM TERESINA-PI E TENHO MUITO INTERESSE EM TECNOLOGIA 3D PARA IMPRESSÃO DE PEÇAS ANATÔMICAS PARA PLANEJAMENTO CIRÚRGICO.
    NECESSITO DE INFORMAÇÕES SOBRE QUAL A MELHOR IMPRESSORA DE CUSTO MAIS ACESSÍVEL E PROGRAMAS DE CAD.
    OBRIGADO

    1. Obrigada pela sua contribuição, José. Para imprimir as peças em 3D a partir de exames de imagem digital, você pode trabalhar no Software Invessalius, que serve para limpar e ajustar os dados coletados a partir dos exames médicos, e a partir daí, imprimir suas peças em 3D. Para sua aplicação, indicamos uma impressora 3D com dupla extrusão para imprimir suporte solúvel ou Breakway (que garantem melhor acabamento nas peças). Dependendo o tamanho que você precisa imprimir, você poderia adquirir uma Ultimaker 3 / Ultimaker S5… Um de nossos consultores entrará em contato com você para passar melhores informações. Ficamos à sua disposição!

    1. Olá Claudio, tudo bem? Você pode começar fazendo cursos de modelagem CAD para aprender a modelar projetos em 3D. Depois que você sabe modelar em 3D, fica fácil imprimir seu projetos, pois as máquinas estão cada vez mais intuitivas e simples de configurar e utilizar.

  2. Hoje já faço uso do Solid Works e Fusion 360 . Em algumas situações o Solid e em outras o Fusion gostaria de saber se você indica um para formas menos geométricas e mais orgânicas para que possa trabalhar melhor.
    Carlos Vilela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados